No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Casa do Empreendedor merece reconhecimento
Publicado em 12/12/2019

Editorial

Uma obra de suma importância e que era um desejo de anos acabou se concretizando no atual governo municipal. Trata-se da Casa do Empreendedor que foi inaugurada no final de maio deste ano. Esse empreendimento tem por objetivo facilitar e desburocratizar  todo o processo em torno de quem quer abrir uma empresa. Desde que esse espaço começou a funcionara já apresentou resultados nesse sentido. Uma das maiores chagas para quem quer empreender em países subdesenvolvidos é a burocracia, além do tempo que isso leva. Muito investidores acabam desistindo pela demora prolongada.

Na contramão dessa realidade, Bagé deu um grande passo com a concretização desse meio que é um canal entre o  governo municipal e potenciais investidores de fora e do próprio município. Com certeza, é uma iniciativa que merece reconhecimento. Nesses três últimos anos, inúmeras empresas vieram se instalar em Bagé. Isso significa geração de emprego e renda. Só quem bate à porta de empresas atrás de uma oportunidade de trabalho sabe muito bem o que isso representa. E isso ninguém pode negar. Quem gera riqueza e renda são os empreendedores que hoje, além de oportunizar trabalho, estão muito ligados e atentos a outras questões que vão muito além do negócio, como as causas sociais e ambientais.

Hoje, se trabalha muito em âmbito de empresas, políticas de responsabilidade social. A Casa do Empreendedor foi um projeto tão certeiro que em menos de um ano de funcionamento recebe a premiação – certificação prata conferida pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e pelo Sebrae.
Serenata de Natal
Importante registrar, neste espaço, uma iniciativa que também merece reconhecimento. Nesta época do ano, um coral voluntário costuma levar a magia e o encanto do Natal às ruas de Bagé e a diversas entidades. O grupo com violões e instrumento de percussão costuma se vestir de vermelho e sair cantando músicas natalinas, inclusive, o comércio na avenida Sete de Setembro é contemplado. São mais de 50 pessoas que há nove anos levam alegria para muita gente. O grupo contagia pela alegria, descontração e desprendimento. Inciativas genuínas como essas fazem a diferença na sociedade.

Deixe sua opinião