No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Sebastião Barbosa
Bolsonaro demite presidente da Embrapa
Publicado em 18/07/2019

Rural

Foto: Alicia Ibañes/Especial FS

Ex-dirigente completou nove meses no cargo

Foi demitido do cargo de presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa. A decisão do governo Bolsonaro foi publicada ontem, no Diário Oficial da União. Barbosa completou nove meses à frente da empresa de pesquisa agropecuária. Quem ficará à frente da entidade nacional, é o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Celso Luiz Moretti. Conforme divulgação do Ministério da Agricultura será aberto um processo de seleção para a escolha do novo presidente da Embrapa.  A decisão por demitir Sebastião Barbosa ocorreu na terça-feira, durante reunião do Conselho de Administração da Embrapa. Rumores dão conta de que existe possibilidade de o novo gestor da Embrapa ser o general Oswaldo Jesus Ferreira, informação que foi negada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.
Sebastião Barbosa foi nomeado em outubro do ano passado, pelo ex-presidente da República, Michel Temer. O mandato de Barbosa seria de dois anos.
 
Visita a Bagé
 Em fevereiro, Sebastião Barbosa visitou a unidade de Bagé da Embrapa, a Pecuária Sul. A unidade é uma das mais antigas das 42 existentes no Brasil, sendo criada em 1975, dois anos após a criação da Embrapa no País. O objetivo do ex-dirigente foi ver de perto as principais características da pecuária subtropical brasileira, que difere, principalmente pelos sistemas de alimentação e raças de bovinos e ovinos, dos demais estados e unidades que trabalham com pecuária.

Deixe sua opinião