No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Bagé vai receber filial das lojas Renner
Publicado em 12/09/2019

Geral

Foto: Rodrigo Sarasol/EspecialFS

Prefeito e secretário anunciaram nova empresa na cidade

O próximo empreendimento a se instalar em Bagé é as lojas Renner. O anúncio oficial aconteceu ontem, pelo prefeito Divaldo Lara, junto ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira.
 A empresa será instalada na antiga Casa Carioca, na esquina da avenida General Osório, com a rua Monsenhor Costábile Hipólito.  De acordo com informações da coordenadoria da prefeitura, atualmente há uma filial da Obino no local, mas o prédio será entregue em outubro e locado para a Renner, que deve fazer ajustes, para se adequar aos padrões internos e de fachada do grupo. A previsão é que antes do Natal o comércio já esteja aberto.
Serão de 35 a 45 vagas de empregos diretos. O investimento será definido após a visitação no prédio. O prefeito Divaldo Lara afirmou que a chegada da empresa a Bagé abre oportunidade para criação de 35 a 45 novos postos de trabalho na cidade. “É um momento histórico em termos de crescimento e desenvolvimento, o que confirma a força e o aquecimento da economia local, proporcionando perspectivas de crescimento, geração de empregos e renda para a população de nossa cidade”, ressaltou.
À reportagem do jornal Folha do Sul, o gestor frisou que desde a posse do atual governo, a Renner é a trigésima sexta empresa a se instalar na Rainha da Fronteira. Com isso, a gestão contabiliza 380 novas vagas permanentes de trabalhadores formais desde janeiro de 2017, além da criação de mais 100 postos temporários no comércio e o incremento de mais 200 celetistas em investimentos na construção civil. “Cada vez mais se confirma que a liderança de nosso governo e a abertura dos voos regionais em nossa cidade se tornaram a grande alavanca do crescimento de Bagé, o que vai proporcionar mais empregos, crescimento, renda e desenvolvimento”, pontuou.

O proprietário do prédio, Fernando Kalil Gul, comentou que quando a direção da Renner entrou em contato falando do interesse em instalar a loja no prédio, imediatamente, ele foi falar com os responsáveis pela Obino, para verificar o interesse ou não de permanecer no local. "Soubemos que como estão investindo em outras unidades, o local ficaria vago, então, pudemos acenar positivamente para Renner”, disse.

Conforme Bayard, o tratamento diferencial que o governo municipal tem dado para quem deseja instalar algum comércio na cidade é fator primordial para atrair cada vez mais redes e lojas para Bagé.

Deixe sua opinião