Assim como o Acesso, Gauchão é suspenso por tempo indeterminado
Publicado em 28/03/2020

Esportes

Foto: Max Peixoto/Especial FS

Clubes e FGF devem se reunir novamente no dia 20 de abril

Em videoconferência realizada na tarde de quinta-feira, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) determinou a suspensão da série A do campeonato gaúcho por tempo indeterminado. A decisão segue os mesmos parâmetros da Divisão de Acesso, que também foi interrompida em função do coronavírus. Participaram da reunião, além dos representantes dos clubes, o presidente da FGF Luciano Hocsman; o vice-presidente Antônio Dal Prá; o gerente de competições Mauro Rocha; o presidente da Ceaf/RS Luiz Fernando Gomes Moreira; o diretor médico Ivan Pacheco e o diretor de marketing Maurício Andrade.
Inicialmente, a competição foi suspensa por 15 dias, a partir de 16 de março. O prazo se encerraria neste final de semana, obrigando a FGF a tomar uma decisão sobre o futuro do torneio. Como não se tem ideia de quando a competição será retomada, chegou a se cogitar a hipótese de declarar o Caxias campeão, já que o time venceu a taça do primeiro turno. Mas a maioria dos clubes não aceitou a proposição, por isso não houve um acordo.
Ainda há um impasse sobre a realização do gauchão que deve ser analisado. A falta de datas. Como alguns clubes que participam do torneio disputam outras competições ao longo do ano, não haveria datas disponíveis para a remarcação dos jogos. Uma nova reunião deve ser feita no dia 20 de abril. O local e a forma do encontro ainda serão definidos.

Times liberam jogadores
O Pelotas acertou a rescisão de alguns jogadores que estavam com os contratos por vencer. São eles: o zagueiro Osvaldir, volante Vacaria e o meia Wallacer. O Novo Hamburgo liberou todo o elenco. O São Luiz de Ijuí dispensou sete atletas. Já o Juventude optou por dar férias coletivas de 20 dias a partir de abril.

Deixe sua opinião