Ao todo serão 30 vagas disponíveis até início do curso
Angus terá 5º Curso de Cabanheiro na Expointer 2013
Publicado em 12/08/2013

Rural

As vagas já estão abertas para o 5º Curso de Cabanheiro promovido pela Associação Brasileira de Angus, que acontece nos dias 22 e 23 de agosto, durante a Expointer 2013. Trata-se do único curso de preparação de cabanheiros da América Latina, com o objetivo de qualificar profissionais para atuar na área, de forma eficiente e competitiva, além de incentivar novos criadores a investir em animais da raça, podendo participar das exposições.
O Curso de Cabanheiro, que já contou com quatro edições anteriores, realizadas em Esteio (RS) e Avaré (SP), já capacitou mais de 150 profissionais. Para esta quinta edição, espera-se que, em torno de 30 pessoas se inscrevam, interessadas em aprimorar seus conhecimentos sobre as práticas e técnicas de preparação de uma cabanha e seus animais para exposição.
Distribuído em dois dias entre aulas práticas e teóricas, o curso será ministrado pelos criadores Luis Felipe Cassol (Cabanha da Corticeira – São Borja, RS) e Átila Dornelles (Cabanha Olhos D’água – Alegrete, RS). Os produtores vão ensinar aos alunos como tocar uma cabanha, desde a escolha dos terneiros até a exposição dos animais nas principais feiras. Isso engloba técnicas de preparação dos animais para exposição, manejo sanitário, nutricional, apresentação do animal em pista e postura do cabanheiro, além do trabalho diário de amansar e treinar o animal para a pista de julgamento.
“O cabanheiro é a vitrine da cabanha que ele está representando, tem que estar tudo dentro do padrão para que o jurado avalie somente a genética do animal. Ele tem que conhecer o seu animal para que, na hora da apresentação, consiga evidenciar as virtudes, tanto do macho como da fêmea angus que estiver puxando”, afirma Cassol, que tem 15 anos de ofício e acredita que, dentro de um ano, com dedicação e força de vontade, qualquer um pode se tornar um bom cabanheiro e preparar uma cabanha competitiva.
“O nosso curso é o início da formação de um profissional, mas ele precisa gostar do que faz para se dedicar e ficar bom nesta área de atuação. A ideia do curso é proporcionar conhecimento para que todos tenham capacidade de apresentar os animais nas principais exposições e deixar que o jurado avalie somente a genética do animal”, ressalta Cassol.
A 36ª Expointer, principal exposição agropecuária do Rio Grande do Sul, acontece de 24 de agosto a 1º de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS.

Deixe sua opinião