No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Quando a Cultura Matou Pedro Wayne – Brasil – (2019)
Publicado em 13/05/2019

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Ficção dirigida por Gladimir Aguzzi.
Durante a palestra de Alcebíades G. Gontan (Gladimir Aguzzi), para a construção de um teatro em Bagé, Pedro Wayne (Michel Godinho) cai morto. Filme vencedor da mostra regional de curtas-metragens do Décimo Primeiro Festival Internacional de Cinema da Fronteira. A sacada de Aguzzi em fazer um roteiro a partir de um poema de Wayne, morto em 1951, funcionou muito bem, e um dos destaques foi para o ótimo figurino de época da equipe chefiada por Carol Oliveira. Michel Godinho e Gladimir Aguzzi usaram de suas experiências com teatro para fazerem ótimas performances na tela. E Edison Larronda contribuiu com uma fotografia primorosa. Tive a oportunidade de participar desse filme que contou com mais de cinquenta figurantes e uma banda do Imba. Esse curta, que tem um forte apelo surreal, foi gravado inteiramente aqui em Bagé, com locações no Clube Comercial e no cemitério municipal de Bagé. Um grande abraço a todos.

Deixe sua opinião