No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Os Miseráveis (Les Misérables, 2012)
Publicado em 01/02/2013

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Cinema

Foto: Alina Souza / Especial FS

Este filme é uma adaptação da peça musical baseada no livro do francês Victor Hugo. A história se passa antes e durante a revolução francesa. O ex-prisioneiro Jean Valjean (Hugh Jackman) foge da condicional e sofre a perseguição implacável de um inspetor impiedoso chamado Javert (Russell Crowe).
A direção é do britânico Tom Hooper (O Discurso do Rei). Quase todos os diálogos são cantados, deixando a história de Victor Hugo mais bonita do que já é. O filme é virtuoso tanto na parte musical quanto nos outros diversos aspectos como: figurino, fotografia, sets, efeitos especiais, atuações etc. Russel Crowe que já foi vocalista de uma banda de rock está sensacional no papel de Javert. A riqueza dos personagens descritos por Victor Hugo é o que realmente encanta nessa epopeia de sofrimento e elevação espiritual. Tanto o protagonista quanto o antagonista carregam pontos negativos e positivos em suas personalidades, mostrando que nenhum ser humano é perfeito. Não sei até que ponto o canto dos atores é verdadeiro, pois hoje em dia temos grandes avanços na tecnologia de áudio que fazem uma galinha desafinada soar como Luciano Pavarotti.
Quem me conquistou mais uma vez foi a talentosa Anne Hathaway no papel da sofrida Fantine. A parte cômica fica por conta Sacha Baron Cohen (Thénardier) e Helena Bonham Carter (Madame Thénardier), e o romance por conta de Amanda Seyfried (Cosette) e Eddie Redmayne (Marius).
Os Miseráveis tem oito indicações ao Oscar 2013, agora é assistir o filme e torcer. 

Deixe sua opinião