O Vendedor de Sonhos – Brasil – 2016
Publicado em 30/12/2016

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Foto: Reprodução/FS

    Drama dirigido por Jayme Monjardim
    Quando o renomado psicólogo Júlio César (Dan Stulbach) resolve tentar suicídio, surge, para impedi-lo, um misterioso mendigo (César Troncoso). Essa é a adaptação para o cinema do livro homônimo de Augusto Cury. O filme demora um pouco a acontecer e por isso fica meio chatinho e sonolento até quase a metade, mas depois engrena e fica bem interessante. O discurso contra o sistema é manjado, mas legal. As reviravoltas do enredo são bem interessantes, mas também manjadas. A fotografia de Nonato Estrela chama atenção e a música de Alexandre Guerra ajuda a emocionar. O sotaque espanhol do uruguaio César Troncoso (O Banheiro do Papa) atrapalha o entendimento dos diálogos no início, mas depois o ouvido acostuma. Devo dizer que gostei do filme - embora tenha dado uma cochilada rápida no meio -, o ingresso valeu.
Um bom 2017 e um grande abraço a todos.

Deixe sua opinião