Meu Nome é Coogan - Coogan's Bluff (EUA-1968)
Publicado em 09/08/2013

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Filme

Foto: Reprodução/FS

Filme do gênero policial dirigido por Don Siegel.
Esse filme é uma espécie de western moderno. A história se passa quase inteiramente na Nova Iorque dos anos 60. O assistente de xerife de uma cidadezinha do interior, chamado Coogan (Clint Eastwood), recebe a missão de ir buscar e escoltar o criminoso James Ringerman (Don Stroud) de volta ao Arizona.
Durante a escolta, o marginal escapa e Coogan sai a sua procura. O legal deste filme é que ele mostra o impacto da cultura do interior com a da cidade grande, e também retrata a Nova Iorque dos anos 60 de uma maneira única, com seus modismos e exageros. O plano-sequência mais inspirado deste longa-metragem é o que Coogan entra em uma discoteca muito louca. Lá, ele vê usuários de drogas, homossexualismo feminino e masculino entre outras coisas. A montagem desta sequência tem umas inserções rápidas com cenas que lembram um  “trem fantasma”, caveiras dando risadas e outras coisas do gênero, tudo para simular o espanto do policial caipira com as “transgressões” da cidade grande, é hilário. Não é preciso dizer que o policial cowboy também mostra para o que veio, e impõe seu estilo “interiorano, implacável e certinho” na turminha descolada da cidade grande. Dedico esta coluna ao meu irmão Rafael Vaz Belleza, que além de ser um bom pai, marido, filho e amigo, também é fã de filmes que retratam cidades do interior, com os seus habitantes que demonstram a simplicidade de um caráter perfeito.
 

Deixe sua opinião