No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Intocáveis (Intouchables - França, 2011)
Publicado em 30/11/2012

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Cinema

Foto: Alina Souza / Especial FS

François Cluzet e Omar Sy estrelam o drama

Este filme foi o maior sucesso de bilheteria na história da França, baseado em fatos reais, consegue juntar o popular ao erudito, mostrando uma comédia humanista sobre uma amizade incomum.
Conta a história de Philippe (François Cluzet) um homem rico que ficou tetraplégico após um acidente de parapente. Então entra em cena Driss (Omar Sy), um jovem de origem africana que precisando de emprego, aceita ser o acompanhante, motorista e faz-tudo de Philippe. A direção é de Olivier Nakache, e Eric Toledano. O roteiro também foi escrito pela dupla. A fotografia, a música, a montagem, e o estilo de filmagem, são de altíssima qualidade e muito bom gosto. A ideia veio a partir do livro de “Philippe Pozzo di Borgo” chamado “O segundo suspiro”.  A proposta de “Intocáveis” funciona perfeitamente envolvendo o espectador no drama do “forte e requintado” Philippe, junto com o “sobrevivente das ruas” Driss, levando às gargalhadas e às lágrimas em um espaço curto de tempo. Esta obra discute sobre diversas coisas, pobreza, riqueza, acidentes de percurso, amor, aceitação, preconceito, mas o que prevalece é a amizade, o valor máximo ressaltado neste longa-metragem que estará concorrendo ao Oscar de 2013 na categoria de melhor filme estrangeiro. A indicação de “Intocáveis” me foi dada pela grande amiga publicitária, e fotógrafa de Floripa, Ana Luiza Ferreira da Costa.

Deixe sua opinião