Diário de um Jornalista Bêbado (The Rum Diary) - EUA, 2012
Publicado em 28/06/2013

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Filme

Foto: Divulgação/FS

Comédia, drama e aventura se mesclam nessa produção dirigida por Bruce Robinson, baseada no romance escrito por Hunter S. Thompson.
Em 1960, o jornalista Kemp (Johnny Depp) chega a Porto Rico, mais precisamente na ilha de San Juan, para começar a trabalhar em um jornal local. Kemp abusa da bebida e seu editor-chefe (Richard Jenkins) vive pegando no seu pé por isso. A partir daí, o protagonista se envolve em situações hilárias junto com seus novos amigos: Sala (Michael Rispoli), seu companheiro de jornal e apartamento, que lhe apresenta as rinhas de galo, e Moburg, um ex-jornalista que curte escutar discos dos discursos de Adolf Hitler, ir a consultas em uma “mãe de santo” hermafrodita e, ainda, fabrica bebida ilegal. A virada do filme se dá quando Kemp encontra, ao acaso, a encantadora Chenault (Amber Heard), namorada de Sanderson (Aaron Eckhart), um figurão endinheirado da ilha.
Essa é a segunda vez que Depp encarna Hunter S. Thompson. A primeira vez foi em “Medo e Delírio”, de 1998. Thompson, para quem não sabe, foi o inventor do “Jornalismo Gonzo”, um tipo de literatura jornalística em que o repórter faz parte da história através de uma narrativa em primeira pessoa. O livro em que foi baseado este filme é o segundo escrito por Thompson, mas só foi publicado em 1998, por isso é considerado um “Proto-Gonzo”. Johnny Depp conheceu Hunter Thompson quando estava se preparando para gravar “Medo e Delírio” e acabou ficando algumas semanas hospedado no rancho onde ele vivia fazendo laboratório de interpretação. Além de conquistar a amizade do difícil Thompson, Depp aprendeu a imitar todos os seus tiques nervosos, trejeitos e maneira de falar.

Deixe sua opinião