Creed: Nascido Para Lutar - EUA (2016)
Publicado em 11/03/2016

Ricardo Beleza

E-mail:
Cidade: Bagé / RS
Jornalista e crítico de cinema
Ricardo Beleza

Foto: Reprodução/FS

Drama esportivo dirigido por Ryan Coogler.
O filho do falecido campeão mundial de boxe Apollo Creed (Carl Weathers) é retirado de uma instituição para menores e criado pela viúva de Apollo, Mary Anne Creed (Phylicia Rashad). Ele se chama Adonis Johnson (Michael B. Jordan). Quando adquire mais idade, Adonis migra de Los Angeles para a Filadélfia, a fim de tornar-se um lutador profissional de boxe e também para encontrar o veterano Rocky Balboa (Sylvester Stallone) para assim convencê-lo a virar seu treinador. Acho que esse é o melhor filme da franquia depois das três primeiras produções. Este ano, Sylvester Stallone ganhou o "Globo de Ouro" de melhor ator coadjuvante em Creed e ainda foi indicado ao Oscar, perdendo injustamente a meu ver. Esse longa-metragem traz de volta os elementos da franquia de sucesso que começou em 1976, com o premiado “Rocky: Um Lutador”. A trilha sonora é bem legal e a fotografia da cidade mais populosa dos Estados Unidos também. Destaque para a coreografia nos combates. Parece que está rolando um retorno dos anos oitenta com respingos dos setenta na grande tela, visto algumas produções como “Deadpool”, “Os Oito Odiados” e “Star Wars: O Despertar da Força”, que dão destaque ao personagem do anti-herói, que é uma coisa bem oitentista. Creed é datado nos dias de hoje, no entanto, traz a ferida aberta de uma época rara, conturbada e saudosa em muitos aspectos. Um ótimo final de semana e um grande abraço a todos.

Deixe sua opinião