No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

A (des)valorização do futebol feminino
Publicado em 08/08/2019

Maria Angélica Varaschini

Maria Angélica Varaschini

A  Copa do Mundo feminina  foi de grande importância para o cenário da mulher no esporte, isso não há como negar. Falou-se muito sobre futebol feminino neste ano, muito mais que em outros períodos. Falou-se de Marta, Formiga, Cristiane; de mulheres que fizeram e fazem história nesse meio. Mas também se falou de uma geração que pode não ter o mesmo sucesso que essas mulheres, uma geração que tem que se preocupar mais, treinar mais, e se entregar mais pela camiseta do seu time.

Este ano se evidenciou o futebol feminino devido à Copa do Mundo. Não é à toa que tivemos, como bem já falamos por aqui, a primeira transmissão em emissora de canal aberto no Brasil. Porém, há algo que temos que ressaltar fora das quatro linhas.  Por mais que se busque a igualdade, ou algo muito próximo a ela, isso parece muito distante quando falamos na questão financeira, da valorização da mulher no cenário do futebol, e isso se destaca ainda mais no Brasil. 

De acordo com o IBGE, em 2017 as mulheres receberam o equivalente a 60% dos salários dos homens. A discrepância é ainda maior no universo do futebol, já que enquanto os salários dos jogadores do São Paulo Futebol Clube chegam aos R$ 10 milhões, os gastos com os times femininos ainda não batem os R$ 100 mil. A diferença é 100 vezes maior, o que faz com que as grandes jogadoras que atuaram neste ano, na Copa do Mundo de Futebol Feminino, ganhem o equivalente aos jogadores da Série C  do Campeonato Brasileiro.

Será que meninas e mulheres vão aguentar tamanha disparidade? Será que essa realidade um dia vai mudar e o futebol feminino terá a mesma valorização do masculino? Ainda existe o preconceito, ainda existe a incerteza e a falta de incentivo. Sim, não há como tapar o sol com a peneira.  A diferença salarial entre um homem e e uma mulher no futebol ainda é enorme e acredito que sempre existirá essa diferença. Afinal, nada vai mudar se a mentalidade das pessoas permanecer a mesma.


Deixe sua opinião