No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Paralelo MP - 22 de janeiro de 2020
Publicado em 22/01/2020

Marcos Pintos

Cidade: Bagé / RS
Colunista social - Paralelo MP
Marcos Pintos

Foto: Divulgação/FS

Anfitriões ao pôr do sol: Tamires Chen e Jerônimo Kluwe Costa

“Sejam beleza, virtude e dignidade as forças propulsoras de uma década que nasce como portal de esperança rumo a um novo tempo.” MP

 

Modo: força máxima!

Salve, salve amigos leitores de Paralelo MP! É com imensa alegria que reassumo meu posto na linha de frente do jornal Folha do Sul após um mês dedicado à contemplação, estudos filosóficos – paixão descoberta em 2019 que dará em casamento – e, como não poderia deixar de ser em se tratando de um pisciano aventureiro, peripécias. Nos dias em Punta, aproveitei para fazer o que mais gosto: correr, comer, conhecer pessoas e lugares interessantes. Por exemplo, após a corrida, diariamente, sentava na extremidade da península, onde o Atlântico encontra o Prata, para sintonizar com aquela energia que eleva a patamares inebriantes de vibração. Magia sem igual domina o lugar. Quantos despertares; quantas verdades adormecidas trazidas pelos sentidos do corpo e do espírito. Meditei em o quão necessário é nos afastarmos da rotina a fim de encontrarmos respostas que, na esfera cotidiana, se escondem nas dobrinhas do usual. Com a brisa do limite oriental – por lá, jamais o calor será tão atroz quanto é por estas bandas – beijando meu rosto suado, meditei sobre a vida até aqui; o que fiz dela e para onde, no ano em que adentro a casa dos “enta”, quero conduzir meu destino. Primeiro, amar mais; perdoar mais; me aceitar mais enquanto terráqueo falível. Para tanto, percebi ser necessário desfazer-me das culpas calóricas que entopem as artérias por onde deve circular, livre, a energia vital. Segundo, dar adeus a pessoas e lugares tóxicos – comprovadamente, trazem somente angústia à preciosa vida que galopa, veloz, na direção do fim material. Terceiro, colaborar mais e mais com o mundo a fim de torná-lo uma sala de aula com estrutura digna para receber as futuras gerações. É chegado o momento de ocuparmos nossos postos na grande luta contra o egoísmo endêmico onde o individualismo sobrepuja-se aos interesses do coletivo. Com novos ideais, remodelado pelas mãos de Deus em hiato necessário, retorno no modo “força máxima” para agregar ao ciclo da nova década. É bom estar de voltar. Avante! Há muito o que ser feito...

 

Amazing Réveillon

          Inquestionável, o Réveillon 2019/2020 foi o mais esplêndido dentre os já cobertos pela coluna em sua biografia. A convite da rede Fasano, Paralelo aterrissou no Las Piedras, expansão internacional da rede encravada em 490 hectares de La Barra – a integração campo/mar brinca com o imaginário de todos que, como eu, sempre sonharam avistar o oceano atrás das coxilhas após uma boa galopeada. Vamos à festa! Ao subir as escadarias rumo ao salão principal, fazia-se ideia do que estava por vir... Mulheres elegantes com trejeitos “jetsetter” acompanhadas por verdadeiros dândis modernos, desfilavam em trajes que remetiam a “Belle Époque” de boates como a do Copa, Hipopótamos, Vogue e Studio 54. Pelo caminho, champanhe, champanhe e mais champanhe servido à revelia por garçons em irretocável código “black tie”. Ilhas gastronômicas e de drinks (as caixas de temperos para o Gin, soberbas) ao dispor com serviço dinâmico, sem esperas. Elevemo-nos ao ponto máximo: a DJ! Mariana Diniz passou longe do desagradável gênero musical imperante nas masmorras do mal gosto detonando set híbrido composto por Donna Summer, Barry White, New Order, Erasure, Spice Girls, Shakira... No meio de tudo isso, chegam os moderninhos Calvin Harris, Florence e The Machine, sem esquecer  Coldplay, Ghetta e Avici. Sentiram a vibe? Meus amigos, um sonho! Agradeço a rede Fasano pela recepção e, de antemão, o convite feito à saída para 2021 já fora aceito. Carpe Diem!

 

Sunset 3.0

Tamires Chen esbanjou beleza e simpatia ao receber na comemoração aos 3.0. Organizado por Raquele Veiga, o parabéns rolou ao sunset de sábado, 18, na morada de Tami e do gente bueníssima Jerônimo Kluwe Costa, com rodadas de pizza comandadas pelo pizzaiolo Everton – os molhinhos, bem como a mesa de doces, também levaram a assinatura de Raska com suporte decorativo by Renata Munhoz. DJ Evevax mandou ver na picape agitando a pista até a madrugada. Os registros da noite ficaram a cargo de Adilson Roccini. #Congrats!

 

Redomão: o cavalo unindo gerações

O patriarca Paulo Gomes Moglia, ao lado da esposa, Isabel, dos filhos e netos (gurizada buena de lida, já reconhecida em provas como o Freio Jovem) recebeu em mais uma edição do Redomão da Lagoa. O evento campeiro mais concorrido da Metade Sul foi criado para celebrar o primeiro aniversário do primogênito de Marcelo Moglia (cap Calabassa) e Roberta, Joaquim Cachapuz Moglia, unindo família e amigos em torno da grande paixão pelo Cavalo Crioulo. Na Estância da Lagoa, todos, peões, crianças, jovens, domadores, patrões (...), são recebidos com a mesma distinção pelo clã anfitrião. Algo realmente bonito de se ver e que merece elevar-se como exemplo. Nota dez!


Deixe sua opinião