No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Coluna Social 78374
Publicado em 07/11/2018

Marcos Pintos

Cidade: Bagé / RS
Colunista social - Paralelo MP
Marcos Pintos

Paralelo MP

Foto: -

Mestras na arte do bem-receber, Mana Romero e Simone Salles sempre parceiras de Leilah Castro nos eventos de moda

“Se tiver que lutar sozinho, não se acanhe. Somos soldados e generais no exército das escolhas.”
MP
 
Coronel: patrimônio humano de Bagé
As comemorações aos 80 anos de Luiz Coronel chegam ao ápice sábado, 10, quando o poeta deu seu nome ao auditório da Biblioteca Pública Otávio Santos. Na sequência, o ilustre filho da Rainha segue ao largo do Centro Administrativo onde autografa, às 20h, “80 Poemas Esta Noite”, no espaço de lançamentos da Feira do Livro. Em seguida, o patrono da feira, jornalista José Francisco Botelho, fará leitura do poema “A Revolução Farroupilha”, assinado por Coronel. A noite de homenagens contará, ainda, com a projeção do documentário “Afinal, que coronel sou eu”, dirigido por Sávio Machado. Laureando a programação, Isabela Fogaça sobe ao palco para cantar “Luiz Coronel”, seu tio e profundo incentivador. #Bravo!
 
Tapetes orientais: história e curiosidades
Ao cair da tarde de ontem, 6, Bagé presenciou apurado momento de bom gosto. Na AZ Galeria, Ângela Zaffari e Rachel Morgado receberam no vernissage de “Arte + Arquitetura”, mostra forjada em parceria com o grupo ASM. Como protagonistas, três salas: da lareira; integrada com cozinha gourmet e a de tapetes orientais – composta por peças do acervo de Nicholas Bublitz. O marchand aterrissou em Bagé para, além de prestigiar as amigas, lançar o livro “Como investir em arte no Brasil”. A sessão de autógrafos acontece amanhã, 19h, na AZ, seguida de bate-papo sob a luz do tema “Tapetes orientais: história e curiosidades”.
 
Efeito de bom gosto
À exemplo da Louis Vuitton e de outras grifes consagradas, Leilah Kalil Castro reinaugurou a “Efeito Verão” ao estilo “pop up”, ou seja, pensada para durar uma temporada, em espaço assinado pela arquiteta Carolina Sá. Sob a luz dourada do sunset, a empresária e colaboradores receberam turma conhecida, segunda-feira, 5, para apresentar as peças-desejo das coleções Lenny Niemeyer, Sophia by Vix e Paula Hermanny – grifes que destacam a moda praia e pós-praia com pegada chic e despojada. A recepção ganhou assinatura de Mana Romero e Simone Salles que, vale comentar, possuem, em essência, o que os franceses chamam de “savoir-faire” – habilidade nata para desempenhar determinada tarefa, no caso da dupla, protocolar eventos. Em harmonia com o pôr do sol, o clericot não parou de circular, bem como os deliciosos salgadinhos de Neisa Budó. As velas de Ana Gonzales compuseram a décor assinado pela sempre parceira Miriam Akagi. Ah! Um carrinho de sorvetes Meltoni também fez a festa das presenças que ganham destaque na social de hoje.
 
Tempo de literatura, praça e flores
Esta quarta-feira, 7 de novembro, marca o início da 21ª Feira do Livro de Bagé. Em apropriada atitude, o Sistema Fecomércio/Sesc + prefeitura municipal realocaram a festa literária à Praça da Estação e largo do Centro Administrativo em busca da valorização do patrimônio e das belezas que ganham destaque a céu aberto – vamos combinar: outra energia! Justiça feita e José Francisco Botelho será entronizado como fiel guardião da sineta patronal. Chico, meus caros, é filho de Bagé e, há anos, brilha na constelação dos mais competentes jornalistas e tradutores brasileiros com crônicas e matérias veiculadas, nada menos, que em Veja e Super Interessante. Ao alçar o gênio ao posto de patrono, podemos dizer, a feira chega à maturidade. A abertura da festa literária acontece logo mais, às 19h30min. #Bravíssimo!
 
Bagé: Rainha da Fronteira – e do cinema!
Segunda-feira, cheguei do Uruguai direto à casa da amiga Zilazinha Moglia. Na melhor das vibes, ela e a amada filha Laura receberam a equipe de produção do curta “Entre” em jantar irretocável. Laura, amante de tudo que gira em torno da atmosfera cinematográfica, integra a equipe orquestrada por Bruno Gissoni. O jantar teve outro motivo especial além de confraternizar: receber o ator/protagonista Rodrigo Simas (vive “Marcos” na trama) que desembarcou na cidade após temporada na Europa. Entre as presenças, ele, o casal/show, Alexandre e Anninha Suñé (também estava na Europa, onde finalizou os trâmites da cidadania italiana). Falando em Alexandre e Anninha, os filhotes deles, Betina e Antônio, surpreenderam no set ao interpretar os filhos da personagem vivida por Chris Fernandes. Vão longe. Amanhã, toda a galera aterrissa na Malp para a festa oficial do filme com cobertura maciça das mídias paralelas...

Deixe sua opinião