No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Coluna Social 78187
Publicado em 31/10/2018

Marcos Pintos

Cidade: Bagé / RS
Colunista social - Paralelo MP
Marcos Pintos

Paralelo MP

Foto: -

Adelaide Brasil Sá e Eliane Valente Silveira pelas lentes paralelas nos brindes as seis décadas da Liga no Cantegril Clube

A maior lição da vida é a de que, às vezes, até os tolos têm razão.”
Winston Churchill
 
Semeadura livre; colheita obrigatória
O último domingo encerrou um tempo triste, mas que deixou profundas lições à nação brasileira. A primeira delas: o crime não compensa. Lula que o diga. Depois de viver na opulência do principal cargo político da República, hoje, jaz em uma cela. Isso faz pensar. De que vale ganhar o mundo; ir da pobreza à riqueza ilicitamente; ascender ao poder para, depois, ver tudo despencar junto a própria reputação? Vale nada, meus amigos. Em 29 de novembro, o Folha do Sul completará nove anos de existência. Desde as primeiras edições, lá em 2009, a Lei de Ação e Reação tem sido estudada tornando-se pauta constante neste espaço que ocupo como o único funcionário remanescente da fundação. Ao escrever sobre o tema, garanto-lhes, aprendi muita coisa. A principal delas: cuidado, a volta vem. Exemplos da via de ação: não devolver o troco ao frentista equivocado; tratar mal o garçom; ser maledicente tendo telhado de vidro... Na via de reação: o que passou a perna no frentista? Perdeu o triplo da aparente vantagem. O que tratou mal o garçom? Agora se diz em depressão sem causa aparente. O maledicente que chamou o filho do outro de drogado? Hoje sofre as consequências do julgamento dentro do próprio lar. De onde inspiro-me para escrever tais ilustrações? Da observação. Todas verídicas. Assim, dei início a um laboratório do qual fui a própria cobaia. Comecei a perceber que, quanto mais ações positivas direcionava ao mundo, mais coisas incríveis aconteciam positivamente na caminhada. Logo, confirma-se a interessante passagem de Gálatas: “Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna”. Desejemos, com profundidade, que os neogestores estejam cientes de que possuem nas mãos o poder para transformar vidas. Transformando-as, estarão, automaticamente, plantando a própria felicidade segundo as engrenagens do sistema imutável regente do universo: ação e reação.
 
Nomes solidários
Repercussão superbacana gerou a coluna de segunda-feira, 29, pautada, integralmente, na comemoração aos 60 anos da Liga Feminina de Combate ao Câncer. No texto veiculado faltou contar que o serviço de jantar levou a assinatura de Marcelo Corrêa e que Cema Isquierdo foi quem orquestrou o cerimonial. Outros nomes solidários que merecem destaque: Arcélia Dotto, Rose Pinheiro e João Batista Benfica. A eles e a todos que colaboram, de maneiras distintas, com a Liga, a nota dez da edição desta quarta-feira!
 
Culinária japonesa
A primeira edição do curso de comida japonesa com alcunha Pesca Perfetta teve turma cheia. Ministradas pelo sushiman Alessandro Quadros em dobradinha com a nutricionista Luana Renner, as aulas teóricas e práticas aconteceram durante o domingo, 28, no Dallé Hotel. “Conseguimos reunir grupo harmonioso; interessado, que atingiu o objetivo de produzir peças típicas desta que é uma das cozinhas mais saudáveis do mundo. Antes do final do ano, prometemos, acontecerá a segunda edição”, disse Alessandro à coluna. #Arigatou!
   
Arte no Fórum
Rejane Karam Osório convida à “Exposição Oficina”, da qual fazem parte obras assinadas por ela e por duas alunas do Atelier Rejane Karam: Cristina Kalil e Caia Martins. A mostra acontece de 5 a 9 de novembro, no hall do terceiro andar do Fórum Trabalhista de Bagé, com visitação das 10h às 18h. #Sucesso!
 
Sob o sol da Toscana
Os rótulos brancos produzidos sob o terroir da Guatambu Estância do Vinho, estão confirmados na 1ª Mostra Villa Toscana de Arquitetura. Em harmonia com a primavera, eles serão apreciados no coquetel de abertura e comercializados no decorrer do evento no Café Firenze. Também confirmadas no coquetel as presenças de Iuri Brose, em voz e violão no lounge Paralelo MP, e de Jéferson do Sax na recepção aos convidados no foyer. Arquitetos e organizadores receberão a imprensa e convidados em 23 de novembro, às 20h – horário escolhido para que todos possam apreciar o belíssimo pôr do sol nos jardins da propriedade.

Deixe sua opinião