No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Coluna Social 13783
Publicado em 16/09/2013

Marcos Pintos

Cidade: Bagé / RS
Colunista social - Paralelo MP
Marcos Pintos

Paralelo MP

Foto: -

A diretora da Casa de Cultura Pedro Wayne, Ana Carla Flores, e o secretário municipal de Cultura, Sílvio Machado, na abertura da exposição Se essas cores, se essas cores fossem minhas

“A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita”
Mahatma Gandhi
 
Artistas pintam as cores de setembro
Salve, salve amigos leitores de Paralelo MP! O final de semana na Rainha da Fronteira esteve uma verdadeira miscelânea de eventos. Na sexta-feira, a cena artística bageense esteve reunida na Casa de Cultura Pedro Wayne prestigiando a exposição coletiva “Se essas cores, se essas cores fossem minhas”. Nela, seis artistas da terra exploraram as cores de setembro em telas vibrantes onde azuis e verdes (Amélia Terezinha Pinheiro), vermelhos (Deli Germano), terras (Heloísa Beckman), lilases (Jussara Casarin), amarelos (Norma Vasconcellos) e laranjas (Vera Sá) deram o tom em traços abstratos. O momento de arte contou, ainda, com a participação dos poetas Ricardo Costa, Norma Vasconcellos, Ada Guimarães, Gladis Deble, Anderlo Silva, Sarita Barros e Rafaela Ribas – todos integrantes do Cultura Sul – que, inspirados pelo tema “setembro”, compuseram textos de alta inspiração. Na flauta – instrumento que evoca como nenhum outro a magia da primavera – Davi Vasconcellos executou obras virtuosas com seu talento que vem de berço. Confiram nas fotos assinadas pelo próprio colunista de quem viu e foi visto nesse interessante momento de arte.
 
Rota da badalação
Paralelo MP partiu do vernissage na Casa de Cultura e foi direto à morada de Rosa e Luis Kalil. Por lá, a atenção girou em torno de Maria Eugênia, que reuniu os amigos para comemorar o níver, com bela estrutura na churrasqueira. Como sempre, os salgados de Neisa Budó estiveram presentes assim como os deliciosos cachorrinhos quentes produzidos ao melhor estilo caseiro. Ah!  E de dar água na boca, a mesa de doces, criada pela própria anfitriã – expert em cupcakes – foi um convite à tentação com docinhos gourmet e uma torta “mara” by Isinha Saraiva. Seguindo a rota de badalações, MP saiu da casa dos Nogara Kalil direto ao Jardim do Castelo onde Cássia e Luis Fernando Medeiros preparam um churrasco “de capa” para receber os amigos dos filhos, Mariana e Fernando, no esquenta pré-balada. Encerrando a noite, a coluna deu rasante na San Carlo, a fim de prestigiar o amigo Juneco Montier que, mais uma vez, deu show de Samba Rock com sua banda SRC. Ufa, há quem pense que a vida de um repórter social é mole. Haja fôlego! 

Deixe sua opinião