No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

COMENTANDO - 21 de março
Publicado em 21/03/2020

José Higino Gonçalves

E-mail: higinobage@gmail.com
Cidade: Bagé / RS
Editor de esportes, Higino Gonçalves foi editor geral do tradicional jornal Correio do Sul por quatro décadas. Conhecedor do esporte e de sua história, mantém cobertura diária das atividades desportivas e coluna sobre a história e curiosidade do esporte local e regional, compondo um verdadeiro almanaque do tema aos sábados
José Higino Gonçalves

UMA QUESTÃO de responsabilidade social, que os dirigentes da dupla Ba-Gua seguiram exemplarmente. A suspensão da Divisão de Acesso, como as demais competições esportivas em todo o país, tornou-se inevitável diante da gravidade do momento que a humanidade vive. 
AO CONTRÁRIO da administração anterior da Federação Gaúcha de Futebol, com a investidura do novo presidente, Luciano Hocsman, melhoraram em muito as relações do Bagé com a entidade estadual.
JALDE-NEGROS perderam, com a morte, aos 68 anos, do pecuarista  Rui Fernando Jardim Leal,  um ardoroso torcedor e importante colaborador.
FIEL ESCUDEIRO  do treinador Enderson Moreira, de quem é auxiliar técnico, o bageense Luís Fernando Rosa Flores trocou o Ceará, brilhante na Copa do Nordeste, pelo desafio de trabalhar no Cruzeiro de Belo Horizonte, que, além de rebaixado à Série B do Brasileirão, vai mal no campeonato mineiro.
GUARANY DECIDIU manter os treinamentos até segunda-feira, quando a Federação, por vídeoconferência, reunirá os clubes do Acesso para tratar sobre o futuro da competição.
INTERNACIONAL de Porto Alegre, por questões técnicas e financeiras, decidiu extinguir sua equipe sub-23, o chamado time de transição.
SISTEMA DE REFLETORES do estádio Antônio Magalhães Rossell foi elogiado quando do jogo Guarany x Internacional de Santa Maria. 
SUGESTÃO DO PRESIDENTE do Bagé, Rafael Vieira Alcalde: que a Divisão de Acesso seja reiniciada em setembro, com jogos aos sábados e domingos, ficando as quartas-feiras reservadas à Copa Ibsen Pinheiro.
ANTIGOS FUTEBOLISTAS bageenses estão sendo conclamados a participar de uma entidade estadual preocupada com o atendimento daqueles que estão passado por dificuldades. Um dos líderes do movimento foi Loivo Johann, antigo jogador do Grêmio.


Deixe sua opinião