No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Diversas 84099
Publicado em 30/05/2019

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Nos deveres que o Código de Processo Civil impõe às partes, que participam do litígio, o primacial deles estampa que os fatos deverão ser expostos em juízo conforme a verdade. Quando o mesmo diploma fixa os elementos essenciais de uma sentença ele alerta para “os fundamentos em que o juiz analise as questões de fato e de direito”.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Nosso Código Civil, ao ventilar o “condomínio edilício”, acentua (art. 1.344): “Ao proprietário do terraço de cobertura incumbem as despesas de sua conservação, de modo que não haja danos às unidades imobiliárias inferiores”.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Na história pátria, Marcílio Dias foi nosso herói do mar. -*-*-*- Caetano Gonçalves fora filho de Bento Gonçalves. -*-*-*- O padre Abílio Sponchiado estava sediado em Cachoeira do Sul. E seguidamente vinha pregar (= discursar) nas novenas nas Igrejas de Bagé. Era orador exímio. -*-*-*- O Dr. Paulo Tuiuty Silveira Camargo foi advogado e alto prócer jalde-negro. Discursava em todas as solenidades havidas na sede do G. E. Bagé. Solteirão, possuía famosa barata azul. Escrevia no “Correio do Sul” e assumiu o 1º Tabelionato quando seu pai, Sr. Armando, sucumbiu. Eram seus cooperadores ali o Sr. Carlos Pereira Lienert e o Sr. Raul Rodrigues.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         O Sr. Ney Ribeiro Flôres (que era o titular do 2º Tabelionato) foi vereador à Câmara Municipal e presidente do Guarany F. C. num ano em que este colocou-se logo atrás do Internacional e do Grêmio no campeonato estadual, em campanha brilhantíssima. Aqui seu principal colaborador foi o Sr. Paulo de Jesus Prates, funcionário federal.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Não tendo logrado ser reeleito deputado federal o humanitário médico Dr. João Baptista Fico (1959) voltou a vencer a eleição para prefeito municipal de Bagé pelo PTB. Para vice foi escolhido o também médico Dr. Camilo Gomes (UDN-PL). Fico, quando renunciou aqui o mandato (1.954), passando à Câmara dos Deputados, deixou em seu lugar o vice, Prof. Frederico Russomano Petrucci. Em 1.955 (outubro) o PTB elegeu o comerciante Hugo Almeida Souza e para vice-prefeito o deputado estadual Justino Quintana. Desgostoso com o próprio partido, Souza foi tirando reiteradas licenças, mas Quintana não assumia o Executivo para não perder o mandato na Assembleia Legislativa. Então, o Dr. Ferraz (presidente da Câmara) passou a ser o prefeito interino em exercício (1.957/58). Na gestão Fico-Camilo foram vereadores pelo Partido Libertador os edis Álvaro Silveira Dias, major Jardim e João Torrescasana. Pelo PSD legislavam Carlos Mário Mércio Silveira, Jorge Mansur e Waldemar A. Machado. E pelo PTB Luiz Maria Ferraz. Abib Ieffett, Sedenir Rodrigues Martins, Wílson Tavares, Telêmaco Collares, Dr. Maurício Infantini e Iolando Machado. No último ano, com os votos da oposição e o seu próprio, o Dr. Abib exerceu a chefia da Municipalidade, já que era o presidente da Câmara.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         O Dr. Alceu de Deus Collares (prefeito da metrópole, deputado federal e governador do RGS) foi aqui telegrafista nos Correios e Telégrafos e “center half” do Grêmio Esportivo Bagé. Quando entrou na Faculdade de Direito da UFRGS (POA) muitos livros lhe emprestei, o que ele sempre veio agradecendo. Alceu nasceu em 07-setembro de 1.927.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Monsenhor Costábile Hippolyto nasceu na Itália em 1.867 e faleceu em Bagé em 14-agosto – 1.956. Era excelente orador. Introduzia-se na política, onde prestigiava o antigo PSD getulista. Era vinculado à Paróquia de São Sebastião.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         O renomado cirurgião bageense Dr. Antônio Nocchi Kalil (Antônio Fued – Maria do Carmo), que os colegas e amigos chamam de “Toninho”, vem de ser eleito diretor da Santa Casa de Misericórdia em Porto Alegre. Trata-se de um admirável caráter, médico simpaticíssimo, sempre aberto ao diálogo.

Texto revisado pelo autor.

Deixe sua opinião