No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Diversas 82155
Publicado em 21/03/2019

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Em outubro/1.949 uma comissão de licenciados (ginásio) do Colégio Auxiliadora (estávamos entre eles) compareceu à residência do pecuarista Sr. Olavo de Almeida Macedo, convidando-o para ser o paraninfo de nossa turma de “licenciados” (como então se chamava), repetimos. Fomos o orador (como também na solenidade de formatura em, 16-12-1.949) e ele, comovido, aceitou o convite. Era então o Sr. Olavo presidente da Ass. Rural de Lavras do Sul (onde era proprietário) e na Exposição-Feira de lá contratou ônibus e fomos para assisti-la, como seu convidado, participando todos os caravaneiros dos festejos e de um baile, “parando” num hotel antiquíssimo. Naqueles idos, Lavras do Sul contava com uma usina a diesel e a luz apagava à meia-noite, exceto aos sábados e domingos (quando a energia era cortada às duas horas da madrugada). Lá o Sr. Olavo ofereceu-nos um churrasco e um outro aqui na Cooperativa de São Domingos, de cuja diretoria participava, este em 11-12-1.949.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Em 1.953/1.954 comandou aqui a antiga 3ª DC o gen. Augusto Frederico Corrêa Lima. Em 1.955 o gen. Inimá Siqueira. De 1.957 a 1.959 o gen. Ladário Pereira Teles. -*-*-*- Em 1.952 era presidente da Associação Rural de Bagé o Dr. Mário Olivé Suñé. O Sr. Manoel Rodrigues d’Athayde presidiu-a em três períodos distintos. Em 1.929 seu presidente era o Dr. Antônio Simões Cantera. -*-*-*- O primeiro pediatra de meu filho (que recém chegara em Bagé e atendia na antiga Casa de Saúde) foi o Dr. Ariovaldo dos Santos Gonçalves (era militar). Aqui, posteriormente, teve extensa clientela e, depois, aposentado, foi morar em Porto Alegre.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Em idos anos, para o biênio 1.943/1.944, foi escolhida a seguinte diretoria na OAB de Bagé: presidente – Dr. João Manuel Budó vice-Dr. Nazeazeno d’Almeida. Secretários: Dr. Paulo Thompson Flôres e Dr. Arnaldo Faria. Tesoureiro – Dr. Alencastro Jacintho Pereira. Para delegados da entidade em São Gabriel. Dom Pedrito, Lavras do Sul e Pinheiro Machado foram eleitos, respectivamente, os Drs. Octacílio Ribeiro de Morais, Antônio Louzada, Ernâni Leal Cachapuz e Nílton Simoni Pereira. A posse ocorreu em 31 de março de 1.943.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Eleito (e reeleito sucessivas vezes) o cel. José Otávio Gonçalves foi intendente (= Prefeito) de nosso município, onde desfrutava de prestígio invejável. Um de seus sucessores foi o Cel. Tupy Silveira, que ocupou o cargo também por muito tempo, deixando-o por morte ocorrida no Rio de Janeiro, onde fora fazer uma operação de apendicite. José Otávio faleceu em 1.913. Em 1.925 foi escolhido nosso edil o farmacêutico militar baiano Dr. Carlos Cavalcanti Mangabeira. O título de “Coronel” era honorífico, naqueles tempos. -*-*-*- O Banrisul foi criado quando o Dr. Getúlio Vargas era governador de nosso Estado (final da década de 30). -*-*-*- Em sua obra “Imagens da história”, Olynto Sanmartin sobre a Marquesa de Santos escreveu: “Quando uma criatura se sente presa pelo domínio misterioso do amor, tudo se oblitera, o senso se atrofia, o mal se transforma e passa a ser um bem maravilhoso”. -*-*-*- “Conde de Porto Alegre” era o ten. gen. Manoel Marques de Souza. -*-*-*- Do estadista gaúcho Júlio de Castilhos, que faleceu tão cedo de uma enfermidade na garganta: “A República é o regime da virtude. Somente os puros, os desambiciosos, os impregnados de espírito público deveriam exercer funções de governo”.

Texto revisado pelo autor.

Deixe sua opinião