No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

DIVERSAS 81181
Publicado em 14/02/2019

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

GEORGE TEIXEIRA GIORGIS (ADVOGADO)

O Sr. Fernando Ferrari foi um grande líder petebista gaúcho, que depois fundou o MTR. Faleceu em trágico desastre aéreo quando tinha um magno caminho político pela frente. Há uma via com seu nome no bairro Estrela D’Alva.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
O Sr. Amaro Robaina Corrêa (“Mozinho”) era funcionário da Exatoria Estadual e vereador pelo velho PTB. No governo interino local do Dr. Abib Ieffet desempenhou gestão de Secretário de Obras Públicas e foi deveras realizador. Sua rua fica no Povo Novo.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
O Sr. Juvêncio Maximiliano Lemos (pelotense), que era oficial de nossa Brigada Militar, e que fornece seu nome a uma de nossas vias centrais, foi duas vezes “Intendente” (= Prefeito) de Bagé, uma vez nomeado e, anos após, eleito.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
O Sr. Antônio de Oliveira Neto 1º (ardoroso torcedor do G. E. Bagé) era chefe da Secção de Receita da Municipalidade, cargo que, com exação e firmeza, desempenhou em várias gestões. Já o Sr. Júlio Duarte Vaz, por muito tempo foi Sub-Secretário dos prefeitos e era quem redigia ofícios e projetos de lei, coadjuvado pelo Sr. Vilmar Monteiro e por dona Norma Figueiró (que laboravam no andar de cima de nossa Prefeitura). Relate-se, como curiosidade que, quando foi prefeito municipal, nomeado pelo governo Costa e Silva, o Cel. Washington Bandeira governou sempre com as portas de seu gabinete abertas. Ele, por igual (duas vezes) foi presidente do Clube Comercial e do Cantegril Clube. Neste último, muitas obras foram impulsionadas pelas gestões de Bandeira e de Miguel Greco Gularte, de cujas diretorias participamos, como secretário. Por igual na primeira, na fundação do Cantegril e que era liderada pelo Cel. Luis Rodrigues Maia, que muito pelejou para construir a atual sede e em que também colaboramos.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
Primeiramente em Bagé, tinha-se muito orgulho em mostrar a carteira de sócio do Clube Comercial. A nossa primeira (1.950) era firmada pelo Dr. Oscar Salis Filho. De muitas diretorias fizemos parte como 1º Secretário; e lá íamos todos os dias (às vezes, duas vezes) despachar o expediente e encaminhá-lo à presidência logo que chegamos aqui, formados na capital. A entidade, após o almoço e pela noite, enchia-se de associados, principalmente para conversar, tomar cafezinhos, jogar “snooker” e xadrez, etc. Por incrível que pareça, hoje em dia os consócios não mais prestigiam seus clubes, que passam mais tempo cerrados do que abertos! Na década de 50 (quando estudávamos em Porto Alegre) houve no Comercial eleição reinhindíssima entre o Dr. Lauro Pereira Garrastazu e o Dr. Álvaro José de Godoy, ambos fortes pecuaristas, vencida por este último. Quando o Dr. Jônio Ferreira de Salles (de cuja chapa participávamos) foi eleito o pleito, por igual, foi muito “falado” e disputado!

*Texto revisado pelo autor


Deixe sua opinião