No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Diversas 64368
Publicado em 26/07/2017

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Em 12 de setembro de 1.928, “presidia” o Estado do RGS o Dr. Getúlio Dorneles Vargas. Na data referida foi fundado o Banco do Estado do RGS S/A. Até então, Vargas havia sido “promotor público”, advogado, deputado federal, deputado estadual e ministro da Fazenda do Presidente Washington Luís. Foi eleito sem competidores, pois o Partido Libertador (recém-fundado, aglutinando federalistas e assisistas) absteve-se de concorrer. E, no período 1.928/1.930, manteve com Getúlio harmoniosa convivência, só desmanchada em 1.932 quando da Revolução Constitucionalista dos paulistas. -*-*-*- Instalado em parcela do imóvel que sediou a saudosa Cobagelan o Arquivo Municipal, sob a condução operosa e ponderada do Dr. Lemieszek, contém preciosidades inenarráveis (livros, jornais, documentos oficiais, fotografias, objetos diversificados, etc.). Ele e os poucos funcionários, paulatinamente, tudo estão amarrando, colecionando, verificando, limpando, para, por fim, colocar cada coisa em seu lugar adequado, resguardando para a posteridade e para a consulta dos interessados. Há muita obra para ali fazer. E temos a certeza de que, aos poucos, o Sr. Prefeito Municipal e o Sr. Secretário da Cultura fornecerão os meios para que, algum dia, se atinja o valioso objetivo colimado. -*-*-*- Conforme o Código de Processo Civil, art. 624 – par. único, no inventário, o juiz, se remover o inventariante, nomeará outro, mas deverá obedecer à ordem estabelecida no art. 617. -*-*-*- Aqui em Bagé, a Rua dos Bancários e a Rua dos Radialistas restaram fixadas no promorar “Passo das Pedras”. E as Ruas Nabor Robaina Menezes e Domingos Gomes Mércio (“Bóia Mércio”) estão no loteamento Mingote Paiva e no bairro Santa Cecília. O Sr. Mércio era pecuarista. E o Sr. Nabor foi representante local dos jornais “Zero Hora” e “A Plateia” (esta de Santana do Livramento). -*-*-*- Nosso Código Civil não obriga um dos nubentes (ele ou ela) a acrescentar ao seu sobrenome, o do outro. Isso significa que, no casamento, tal acréscimo é facultativo. A matéria acha-se regrada no parágrafo primeiro do art. 1.565 da legislação codificada.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Dr. Salim Amin Salim: um médico na acepção lata do termo, que sempre mesclou a ciência com a bondade! -*-*-*- Profª Rita Vasconcellos, Profª Gioconda Figueiró, Profª Dalmerina Martins Xexéo, Profª Hilma Canto da Silva, Profª Dora Bueno Donazar, Profª. Gelcy Porto Medici e tantas e tantas outras mestras do piano, do violino, do canto, etc. que suas alunas jamais irão esquecer. E que tanto dignificaram nosso antigo Conservatório de Música! -*-*-*- Local de encontro de altos próceres do G. E. Bagé (de manhã), em décadas passadas, era a Alfaiataria de Francisco Benevenga, que confeccionava as fatiotas dos ricos e bem dotados financeiramente em nossa sociedade de antanho. Nos dias úteis, lá confabulavam e conversavam os dirigentes jalde-negros. Lembramos apenas alguns deles: Sidney Cabral, Paulo Tuiuty Camargo, Américo Gomes, Camilo Gomes, Mário Égas, Ciríaco Garcia de Vasconcelos, João Torrescasana, Érico Silveira, Darcy Gaffrée Nogueira, Nair Toledo de Medeiros, Armando Ferreira e tantos outros. Já os corifeus do Guarany F. C. marcavam o ponto na Camisaria Londres, de Alberto Candiota (Bebeto). E todos eles (conforme os resultados de domingo), na 2ª feira de manhã, avizinhavam-se do Salão Odeon, o principal da cidade, pertencente ao português Sr. João dos Reis e ao Sr. Ary Lemos da Silva. O primeiro, torcedor do G. E. Bagé e do Vasco da Gama. O segundo, adepto do Guarani e do Flamengo. São tempos que não volvem mais... O antigo asfalto da Rua Angélica Jardim, proximidades do cemitério, ainda na semana passada, “clamava” por reparos, tanta a porção de buracos ali imperantes. -*-*-*- O Dr. Claudiran Pereira Nunes tentando galvanizar e reerguer (com novas programações) a Rádio Cultura de Bagé. O que a gente anseia são programas ao vivo, debates, entrevistas, noticiários constantes, desportos. E menos música! Mas parece que não temos elemento humano (ou verba publicitária) para tanto! -*-*-*- Felicitações ao G. E. Bagé pela ascensão, tudo fruto da pertinácia e da organização de seus dirigentes. 

Texto revisado pelo autor.

Deixe sua opinião