No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Diversas 61071
Publicado em 12/04/2017

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Resultados das eleições nacionais de 03-outubro-1.955 para a Presidência da República: Juscelino Kubitschek de Oliveira (PSD – PTB) = 3.077.411 votos. Juarez Távora (PDC – PL – UDN) = 2.610.462. Adhemar de Barros (PSP) = 2.222.725. Plínio Salgado (PRP) = 714.379. Brancos e nulos = 472.037 votos. Para vice-presidente: João Goulart (PSD – PTB) = 3.591.409. Mílton Campos (UDN – PDC – PL) = 3.384.739. Danton Coelho (PSP) = 1.140.261. Brancos e nulos = 980.605. Juscelino (médico) tinha sido duas vezes prefeito de Belo Horizonte e fora também governador de Minas Gerais. Adhemar de Barros foi interventor federal e governador de São Paulo. Juarez Távora era general do Exército Nacional. Os votos não eram vinculados. Podia-se sufragar o candidato de um partido para a Presidência e de outro para Vice. Note-se que, ali, que os candidatos à Vice-Presidência (Jango e Mílton) foram os mais votados no pleito. Mílton Campos, depois, foi escolhido governador de Minas Gerais. E Jango foi Vice de Juscelino e de Jânio Quadros. Na eleição federal acima falada, apenas 59,3% dos eleitores brasileiros compareceram às urnas! -*-*-*- Na língua pátria, “cochichar” = segredar. “Evasão” = fuga, saída. “Sobraçar” = sustentar, amparar. “Prelúdio” – prólogo, introdução. -*-*-*- O que vimos lendo ultimamente: a) “Diário de um pároco de aldeia”, edição de 1.964, 212 páginas. Autor: Georges Bernanos, polemista e romancista francês, falecido em 1.948. Por certo tempo, morou no Brasil, escapando da 2ª guerra mundial. Conta a história e o sofrimento físico e espiritual de um padre que agia no interior francês; b) “Por falar em passarinhos... crônicas do Pampa”, do cardiologista lavrense Dr. Blau Fabrício de Souza, que fez nome na especialidade “cirurgia cardíaca” em nossa capital, onde reside, já aposentado, sendo ainda proprietário rural em seu pago natal. Edição de 2.016, são 262 páginas, inserindo crônicas e artigos que ele escreveu periodicamente in “O Sulrural”, órgão da FARSUL. Blau publicou várias e interessantíssimas obras já; c) “O soldado absoluto” – uma biografia do Marechal Henrique Teixeira Lott, que foi ministro da guerra dos governos Café Filho e Juscelino e candidato vencido na disputa à presidência da República, quando perdeu para Jânio Quadros. Homem discutido em sua época, mas como militar, disciplinado e rígido, foi exemplar na carreira. O autor da obra é Wagner William (jornalista e produtor paulista). O livro é edição de 2.006 e é lavrado em robustas 571 páginas. Lott morreu em 09-maio-1.984, com ataque cardíaco. Levantava de madrugada para fazer duas horas de ginástica e deitava muito cedo, relatam os historiadores.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Governo do Estado pretendendo vender a Cia Sulgás, a CEEE e a CRM. A CEEE possui 1.681 funcionários. O Poder Executivo do RGS é o acionista majoritário. A CRM marcou um prejuízo de 32 milhões de reais no ano ido. Depende de um cliente único: a CGTEE, controlada pelo governo federal. A Sulgás é lucrativa, porém, os técnicos em economia asseveram que está no limite de sua capacidade de fornecimento. -*-*-*- Cá em Bagé, a Rua Dr. Ney Azambuja está nos núcleos de apartamentos da COHAB-RS (zona norte). A Rua Ruy Bianculli Gallo, no núcleo Mascaranhas de Moraes. A Rua Dr. Acrísio Jacintho Pereira, no bairro Ibajé. O Mal. Mascaranhas de Moraes (filho de São Gabriel) foi o comandante das tropas brasileiras que, em 1.943, foram para a Itália, combater as forças do nazi-fascismo (2ª guerra mundial), deixando nos campos italianos muitos mortos (Cemitério de Pistóia). -*-*-*- Impressiona o contingente de bageenses, que são contemplados no sorteio do “Trilegal Tchê”, todos os domingos pela manhã, transmitido pela Rede Bandeirantes e Rede Record. A imensa maioria dos sorteados mora nos subúrbios da cidade. Dom Pedrito é também uma cidade “sortuda”. Interessante é que os contemplados (com muito equilíbrio e justeza) preferem receber os preços dos automóveis em espécie (e não os carros), declarando que irão pagar suas contas. Muito certo! -*-*-*- A Justiça do Trabalho (no começo da década de 40) foi criada pelo presidente Getúlio Vargas para proteger os empregados, a parte mais frágil da relação trabalhista. Isso é uma coisa óbvia. Lá valem muito o recibo e a folha de pagamento. Sem isso, o empregador será condenado. As alegações de trabalho sob ambiente insalubre ou perigoso são administradas pela perícia técnica. Por lá o advogado não faz milagre! -*-*-*- Pouca gente sabe que o Mal. Floriano Peixoto (o segundo presidente da República) serviu na guarnição de Bagé, lá entre os anos 1.850/1.855. -*-*-*- Sidney Marinho (Mal. Floriano nº 1.618, 83 anos): nunca mais o chimarrão de todas as tardes na sacada de sua morada, onde conversava com todos aqueles que por ali passavam, sempre de gênio alegre e brincalhão.

* Texto revisado pelo autor.

Deixe sua opinião