Diversas 43130
Publicado em 23/09/2015

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Advogado

 
         No dia 5 de junho de 1.846 Bagé passou a ter uma Paróquia. No dia 23 de dezembro de 1.858 passou a ser Comarca. Nosso Bispado foi instalado a 25 de junho de 1.960. Estes apontamentos são extraídos de estudos do saudoso Dr. Tarcísio Taborda. -*-*-*- José Alfonso Lugris presidiu a Soc. Espanhola de Bagé de 1.989 a 1.991. Luiz Avello Diaz fê-lo em 1.993, 1.995 e 1.997. Celestino Blanco Martinez ocupou dita presidência em 1.999. -*-*-*- O Rotary Clube de Bagé, de 1.972 até 1.979, teve como presidentes os cidadãos Mário Teixeira Bispo, Felipe Kalil, Dr. Fernando Silveira Abbott, Dr. Darcy Spuldar, Cel. Augusto Pinheiro Grande, Erwin Conrad e Dr. Artur Guerreiro Picaluga. -*-*-*- Na literatura portuguesa, o livro “Eurico, o presbítero” é de Alexandre Herculano. E “A cidade e as serras” teve como autor Eça de Queiroz. Camilo Castelo Branco legou-nos “Amor de perdição” e “Amor de salvação”. De Júlio Dinis: “As pupilas do Senhor Reitor”. -*-*-*- O Rotary Clube Bagé-Norte foi criado em 26-outubro-1.958. E fomos um dos sócios fundadores. Ali ficamos até outubro/1.972 quando pedimos demissão. E, nele, preenchemos os mais diversos cargos de diretoria. Naquele tempo, Bagé tinha somente dois clubes rotários. E um Lions Clube. -*-*-*- Em nossa época de guri, naquela quadra da Avenida Sete, partindo da hoje Rua Monsenhor Costábile Hipólito para a atual Rua Senador Salgado Filho, havia o Café Brasil, o Café Nacional, a Confeitaria Glória e a Confeitaria do Sr. Viterbo Cruz. Estavam sempre bem frequentados, inclusive por famílias e especialmente de noite. -*-*-*- Nosso Código de Processo Civil estatui que, quando o devedor (que tem domicílio) se ausenta, ou tenta ausentar-se furtivamente, seus bens podem ser objeto de arresto. Leia-se o art. 813 – II – letra “a”. No mesmo Código encontrar-se-á disposição legislando que, se os autos de um processo desaparecerem, qualquer das partes interessadas terá o direito de promover sua restauração (art. 1.063). -*-*-*- À frente do antigo pavilhão do estádio Estrela D’Alva (do Guarany F. C.) havia os camarotes, que tinham os seus proprietários. Um deles estava sempre preenchido pelos Srs. Juvenal Alves Echeverria, Luiz Carlos Loureiro, João Monmanny Simon e Dr. Edgard Gómez Sciortino. Com o falecimento deste médico, ocupou seu lugar ali o comerciante Sr. João A. Brignol. Entre outros, um deles era do prestigiado advogado Dr. Telmo Candiota da Rosa. E ele sempre levava, como seus convidados, juízes e promotores de justiça de nossa Comarca, a quem “seduzia” para torcerem pelo alvirrubro.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
         Lemos, no momento, “O fio da navalha” de W. Somerset Maugham e “ Quase Política”, com discursos” do diplomata (e ex-deputado federal pernambucano) Gilberto Freire. -*-*-*- Os advogados, com assiduidade, nas horas vagas, devem folhear e manusear o Código Civil e o Código de Processo Civil, abrindo-os aqui e ali. É um modo de manterem-se atualizados. Assim agimos. -*-*-*- Depois de hospitalizado já voltou à sua residência nosso antigo amigo Sr. Ito Carvalho (mineiro de nascimento). -*-*-*- E tanto insistiram com a obrigatoriedade do “extintor de incêndio” nos carros particulares, fazendo com que os vendedores bastante “faturassem”, para, agora, terminarem com a determinação! -*-*-*- Quebrou o fêmur o estimado cardiologista Dr. Alceu Malafaia Barreto, acidente que motivou sua hospitalização no São Sebastião. Lá também foi internado (para uma intervenção cirúrgica) nosso estimado amigo Dr. Théo Vasconcellos (odontólogo aposentado), que já está retornando à sua residência.

Deixe sua opinião