Diversas 34062
Publicado em 28/01/2015

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Voltando o Brasil à plenitude democrática (eleito o Gen. Dutra presidente pelo PSD-PTB), em seguida o Engº Walter Jobim (PSD) para governador do RGS, no final de 1.945 e em 1.946, respectivamente, tivemos em 1.947 as primeiras (novas) eleições municipais aqui em Bagé. O voto para prefeito não era vinculado ao de vice-prefeito. Então, o povo bageense escolheu o médico e administrador da Mesa de Rendas do Estado Dr. Carlos Antônio Kluwe (PSD) para prefeito. E o também médico Dr. Camilo Gomes (UDN-PL-PTB) para vice. Vereadores então eleitos: José Carrion Moglia, Protásio Rosa Fagundes, Sílvio da Silva Tavares, Zoroastro Lamote, Francisco de Paula Pereira, João Baptista Loguércio, Octávio Assumpção e Martin Magalhães Rossel (pelo PSD). Lígia Farinha de Almeida, Dr. João Baptista Fico e Dr. Mauricio Infantini Filho (pelo PTB). José Gomes Filho (pelo Partido Libertador). E Antônio S. Corrêa de Brito (pela UDN). No quatriênio (1.947-1.951) presidiram nosso Legislativo os Srs. José Carrion Moglia, Protásio Rosa Fagundes (duas vezes) e João Baptista Loguércio. -*-*-*- Rodrigo e Aluízio (presidente e vice) já adensando preparativos no sentido de que a futura Semana Crioula alcance (ou até mesmo supere) o sucesso das que foram anteriormente realizadas. -*-*-*- Futebol antigo em Bagé – Primeiros “Ba-guás” havidos em 1.952: 17/08/52 – Pedra Moura – G. E. Bagé 1 x Guarani 1 – Golos: Álvaro e Miguel Gularte. Juiz: Horácio Alves Pinto (PoA). Em 24-8-52 na Estrela D’Alva – Guarani 2 x Bagé 0 – Juiz: Italo Patta (de Cachoeira do Sul). Golos do Guarani: Miguel Goulart e Carlos Calvete. Rendas respectivas: 32 mil e 17 mil na moeda da época.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
A população do município de Rio Grande é atualmente de 207.036 habitantes. Pelotas está com 342.053. -*-*-*- Em Bagé, as Ruas Fabrício Pilar e Dr. Antenor Gonçalves Pereira, no noroeste da cidade, mudam de nome para Ruas Dr. Luiz Mércio Teixeira e Prof. Waldemar Machado, respectivamente. As Ruas Rodolfo Moglia, Darcy Barcelos, Associação Riograndense de Imprensa, Brasília e Ruy Bianculli Gallo ficam no núcleo Mascaranhas de Moraes. As Ruas Pompílio Nunes, capitão Clementino Molina, marechal João José da Luz e Júlio César Carneiro Corrêa estão no chamado bairro Arvorezinha.
-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
O cego somente poderá fazer “testamento público” (o que é lavrado nos livros do Tabelionato – art. 1.867 – Código Civil). O testamento, uma vez formulado, será lido ao cego por duas vezes: uma pelo tabelião e a outra por uma das testemunhas, escolhida pelo testador. Essas circunstâncias deverão ser inseridas no testamento. Outrossim, nunca poderá exercer o encargo de “tutor” aquela pessoa que não tiver a livre administração de seus próprios bens (Código Civil, art. 1.735 – I). -*-*-*- Acabamos de ler “Psicologia dos acontecimentos políticos sul-riograndenses”, edição de 1.923, um libelo contra as administrações estaduais do Dr. Borges de Medeiros, sendo autor o cel. João Francisco. Um trecho: “É sabido que os problemas políticos e sociais nunca encontram solução numa lâmina de punhal ou na ponta da espada. A força pode destruir, mas não consegue construir coisa alguma que dure”.

* Texto revisado pelo autor

Deixe sua opinião