No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Diversas - 30 de dezembro de 2019
Publicado em 30/12/2019

George Teixeira Giorgis

George Teixeira Giorgis

Nomes de funcionários municipais antigos (e já idos) constam em algumas vias de nossa Bagé: no Morro de Belém, a Rua Nélson Machado (funcionário da Câmara e filho do Sr. Iolando). Na Vila Floresta a Rua Vereador Cézar Ferreira, também do seio do funcionalismo da Prefeitura. Ambos pertenciam ao antigo PTB.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         No final de 2002 o Clube Comercial lotou para sediar o matrimônio de nosso amigo Dr. Marcus Flávius da Nova Menezes com a Srtª Ana Paula, filha do Dr. e Srª Paulo Veras Simões. Ele filho de Noemy e Aracely Menezes.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         Em 1.884 aqui falecia o Dr. João Albano de Souza (médico humanitário e que deu nome à antiga Praça do Tênis, hoje praça Dr. Albano) frente ao prédio que foi a antiga Estação Rodoviária.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         Em 1.884 também em Bagé passou a circular o jornal intitulado “O Commércio”, sob a direção de Júlio Brissac. Em 1.892, em animado congresso, também em Bagé, foi criado o Partido Federalista, fundado por Gaspar Silveira Martins. Gaspar, aliás, está sepultado em nossa Catedral, à direita de quem nela ingressa.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         O Gen. João Teles e o Cel. Carlos Teles eram irmãos e ambos, a mando do governo central, lutaram aqui contra a Revolução Federalista (1.893).

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         Quando o jornalista João Fanfa Ribas foi escolhido deputado federal e mudou-se para o Rio de Janeiro, ele vendeu o “Correio do Sul” para o médico-homeopata e intelectual Dr. Ney Ramos de Azambuja, cujos editoriais intitulavam-se “Nota do dia”.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         O diplomata Gilberto Amado, certa feita, em sua coluna semanal na revista “O Cruzeiro”, deixou dito: “Não é no votar livremente que consiste a democracia. A democracia consiste em votar inteligentemente”.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

         Na década de 50, no Colégio Espírito Santo, foi implantado o curso (feminino) de Técnico em Contabilidade (então só existente à noite no Auxiliadora). Ele começava a funcionar às 18 horas. Lembramos vagamente de alguns nomes que compunham dita turma: Angelina Wendler Feltrin, Carmen Margarida Suñé, Carmen Ollé da Luz, Elga Érica Fillmann, Eunice Del Duca Nocchi, Gecy Gonçalves Pereira, Glede Deiro Gonzalez, Ieda Maria Brasil Martins, Ieda Medeiros Martins, Iolanda Teixeira Bispo, Ione Rosa Ruiz Minotto, Léia Borba Candiota, Leny Codevilla Severo, Maria Noely Urdangarim, Martha Thereza Teixeira, Norma Espírito Santo Parera, Irmã Maria Régia, Teresa Scardoelli Sarate, Yeda Barcelos Corrêa, Zoé Martill Rita. A oradora foi a formanda Gecy.

 

Texto revisado pelo autor.


Deixe sua opinião