No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Vice-Presidente do Brasil General Hamilton Mourão de Bagé
Publicado em 30/07/2019

Esquerda Carneiro

Esquerda Carneiro

É com muito orgulho que sob a minha presidência a Câmara Municipal de Vereadores concederá o Título de Cidadão Bageense ao Vice-Presidente da República do Brasil general Antônio Hamilton Martins Mourão, proposta do vereador Antenor Teixeira.

Ao mesmo tempo em que parabenizo o proponente dessa merecida homenagem, aproveito este espaço para contar aos bageenses, que ainda não sabem, quem é esse novo conterrâneo e suas relações com a nossa terra.

Para começar destaco que o general Mourão é filho de uma bageense, Wanda Coronel Martins Mourão, e viúvo de Ana Elisabeth Rossell Mourão, também de nossa terra, e que seu pai, o amazonense Antônio Mourão, foi comandante da 3ª Brigada em Bagé.

 Por onde vai, nas entrevistas que concede, o vice-presidente do Brasil faz questão de chamar a atenção para o seu amor pela Rainha da Fronteira e o quanto traz na memória os momentos felizes que aqui viveu em sua infância e depois na junvetude, colocando a cidade entre as três melhores do mundo. E isso não é um exagero meu nesta coluna. Existem gravações do general falando de Bagé e exaltando estar entre as melhores.

Portanto, nada mais justo que a Câmara Municipal de Vereadores prestar esta grande homenagem a esse ilustre brasileiro.

A biografia

Antonio Hamilton Martins Mourão nasceu no dia 15 de agosto de 1953, na cidade de Porto Alegre. Ingressou no Exército Brasileiro em 26 de fevereiro de 1972, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), sediada em Resende, Rio de Janeiro. Três anos depois, em dezembro de 1975, Hamilton Mourão foi designado aspirante-a-oficial da arma de artilharia.

Além dos cursos de formação, de aperfeiçoamento, de altos estudos militares da escola de comando e estado-maior do Exército Brasileiro e do curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, concluiu os cursos Básico de Paraquedista, Mestre de Salto, Salto Livre e Guerra na Selva.

Durante a trajetória militar, ele foi instrutor da Aman, cumpriu Missão de Paz em Angola, foi adido militar na embaixada do Brasil na Venezuela e comandou o 27° Grupo de Artilharia de Campanha em Ijuí.

Como Oficial General comandou a 2ª Brigada de Infantaria de Selva em São Gabriel da Cachoeira (AM ) e a 6ª Divisão de Exército em Porto Alegre. Foi Comandante Militar do Sul e Secretário de Economia e Finanças do Exército. O general Mourão foi também presidente do Clube Militar na cidade do Rio de Janeiro.

No início do ano passado foi convidado pelo candidato Jair Bolsonaro para compor a chapa presidencial como vice-presidente, aceitando de imediato. Filiado ao Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Mourão avalizou de forma oficial a inclusão do Exército Brasileiro no programa do Governo Bolsonaro a partir de janeiro deste ano.

 

 


Deixe sua opinião