No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Fábrica de bueiros. Solução para o esgoto a céu aberto
Publicado em 23/07/2019

Esquerda Carneiro

Esquerda Carneiro

 Sábado, dia 20 de julho, tive a oportunidade de comemorar um sonho. Um sonho que sonhei junto com o prefeito Divaldo Lara e com a equipe da atual gestão municipal. Inauguramos a fábrica de bueiros de Bagé. Há 15 anos estava sem funcionar. Há 15 anos estava parada, atirada, sem a mínima atenção. A população que mora nos bairros sabe bem qual a importância dos bueiros. Os profissionais da saúde sabem bem qual a importância dos bueiros para a melhor qualidade de vida e a saúde das comunidades. O governo municipal compreendeu o quanto é prioridade essa atenção especial ao saneamento básico de nossa cidade. Parabéns ao trabalho realizado pelo Daeb, através do diretor Graciano Pereira.

A meta é produzir em torno de mil bueiros ao mês para colocar nos diversos locais da cidade que sofrem com o esgoto a céu aberto e com os alagamentos. Hoje, até agora, nesses dois anos e meio de gestão, durante os eventos Meu Bairro Melhor, já foram colocados mais de 12 quilômetros de bueiros. Bueiros que não foram produzidos pela prefeitura, pelo Daeb, mas comprados. Com muita dificuldade. Pois essa história muda a partir deste último sábado com a inauguração da fábrica, porque vamos fabricar os nossos bueiros.

É um salto para o futuro. O Plano Municipal de Saneamento Básico ganha outros contornos, torna-se melhor, mais eficaz e ágil.  Vou repetir aqui o que disse o diretor Graciano sobre investimento em obras de esgoto, “um real que se gasta em saneamento é quatro reais que se economiza em saúde”. E isso diz tudo. Não é à toa que ao longo dos dias, das semanas e dos meses, deparamo-nos com inúmeros moradores se queixando, e com razão, do esgoto na frente de casa, do odor terrível, dos vetores de doenças. A fábrica de bueiro passa a cumprir um papel importante nesse conjunto de ações que desembocam na melhor saúde da população. 

Também aproveito este espaço para destacar a fala do prefeito Divaldo Lara na solenidade do dia 20 de julho, sábado. “Não prometemos, mas fizemos.” É verdade. Não há uma linha escrita ou uma palavra dita durante a última campanha eleitoral sobre fazer a fábrica de bueiros. Mas, no governo vimos essa necessidade urgente, vimos que era possível, ouvimos o clamor popular. Porque ninguém entende mais de bairros e de quem mora nos bairros que os atuais gestores municipais. O prefeito é nascido e criado no Castro Alves, eu sou do Prado Velho. A realidade do saneamento básico nos acompanha por uma vida inteira, sabemos o que significa essa necessidade.
A revitalização do maquinário e a reforma do prédio da fábrica de bueiros foram aprovadas na Câmara de Vereadores, em abril deste ano, o pessoal e os recursos são do próprio Daeb, o total investido chegou a R$ 128 mil.

Estou muito feliz por fazer parte e apoiar esse governo. É um realizador de sonhos. Assim me senti com o projeto de 1 164 moradias para quem mais precisa; assim me senti com os asfaltos na avenida Itália, no anel rodoviário, na zona leste; com as realizações do Bairro Melhor; assim me senti com os centros de referência em saúde, e assim me sinto com a possibilidade de acabar com o esgoto a céu aberto em Bagé!

 


Deixe sua opinião