No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

A maior emoção da vida é ver a felicidade das pessoas
Publicado em 26/02/2019

Esquerda Carneiro

Esquerda Carneiro

Sábado e domingo, mais uma vez, com muita alegria, participei do sorteio da casa própria para 600 famílias de nossa cidade. Desta vez foram os residenciais Nossa Senhora Auxiliadora e Sagrada Família, na zona norte.
Assim como na primeira vez, só quem vê de perto a felicidade que toma conta dos contemplados, a alegria espontânea de cada pessoa, de cada família, pode se aproximar de compreender essa emoção. Assim como eu, o prefeito Divaldo Lara também é da periferia, de família simples, humilde, portanto viveu uma vida inteira ouvindo sobre o sonho da casa própria. Nada é mais importante que ter saúde e um cantinho seu, um lugar próprio para viver.
Por isso, esse momento é tão importante. Por isso somos felizes e nos sentimos realizados quando podemos ajudar quem mais precisa.
Lembro dessa caminhada desde o início. Da primeira conversa com o prefeito sobre os residenciais. Lembro da sua expectativa, da organização do projeto, do trabalho com autoridades políticas aqui no Rio Grande do Sul e em Brasília. Lembro das adequações ao projeto. E lembro da alegria de ter sido a única prefeitura no Estado a conquistar 1.164 casas de uma só vez ao custo de R$ 83 milhões.
Isso tudo foi organizado, planejado e concretizado pela atual administração, pela gestão que hoje está na prefeitura, da qual tenho orgulho de fazer parte.
Lembro que o prefeito Divaldo me disse com lágrimas nos olhos:
- Esquerda, temos de fazer tudo direito, tudo certinho, estou ansioso para oferecer essa felicidade às pessoas. Vai ser a nossa maior alegria.
E foi. E está sendo. Fizemos tudo como tinha de ser feito. Certinho. Dentro dos trâmites, como manda a União, como determina a Caixa Federal. E mais, os sorteios no Militão foram bem organizados, com carinho, com atenção e respeito às pessoas, permitindo que esse momento fosse único e inesquecível para elas.
Com toda a sinceridade, afirmo para todos vocês que estão me lendo, duvido que alguém não se emocione com o que vimos. É algo que ultrapassa qualquer nervo de aço, amolece qualquer coração duro. A felicidade contagia, envolve, faz a gente viver a alegria da pessoa feliz.
Do resultado da aprovação do projeto, das inscrições, início das obras, até o sorteio do primeiro residencial que ocorreu no Ginásio Militão, com a presença participativa do prefeito Divaldo Lara, foi um caminho percorrido com toda a dedicação, de quem sabe o quanto ter uma casa é importante para quem mais precisa. E eu sei. Sou do Prado Velho. Compreendo bem o que é ter sua casa, sair do aluguel ou do favor, que por mais que seja familiar tira um pedaço de nossa dignidade. Nada é mais importante que ter o que é seu.
Posso viver mais 100 anos e nunca vou esquecer do momento de alegria no sorteio ocorrido no Militão, momento que está marcado em minha vida para sempre como um dos melhores que tive. Quem estava lá sabe o que estou falando. Aquelas lágrimas de felicidade no rosto dos contemplados é o maior pagamento que eu posso ter na minha vida pública.
Muito obrigado a Deus, ao prefeito Divaldo Lara, às pessoas que trabalharam comigo nesse projeto. Ainda teremos outras etapas, mais famílias serão contempladas, mas o que eu vivi já valeu por tudo.
Estou muito feliz. Obrigado a todos. Obrigado a equipe que trabalhou muito para que chegássemos até aqui. Obrigado ao prefeito por confiar no meu trabalho à frente da Secretaria de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso. E obrigado a todos aqueles que ganharam a sua casa, porque a felicidade de vocês fez a minha felicidade, com muita emoção.     

Deixe sua opinião