No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Uma nova cidade, novos caminhos e perspectivas
Publicado em 03/02/2017

Divaldo Lara

Prefeito de Bagé
Divaldo Lara

Prefeito de Bagé

Anel rodoviário
Retomar a obra do anel rodoviário era um sonho acalentado por muitos, principalmente pelos moradores das zonas sul e oeste de Bagé. Conseguir realizar esse sonho é muito gratificante. Isso me faz realizado. Na quarta-feira pela manhã, quando retomamos o asfalto, senti que muitas pessoas estavam transformando as suas vidas, rostos demonstravam a alegria do momento e eu compreendi o quanto é possível fazer pela felicidade dos bageenses. 
O anel é uma obra de 1983/4, do então prefeito Carlos Sá Azambuja. Sua extensão alcança 30 quilômetros, desenhando um “anel” em torno da parte urbana do município. O objetivo de um asfaltamento tão extenso é o escoamento da produção primária, evitando que caminhões pesados circulem no centro da cidade. Com a obra, eles saem da Serrilhada, por exemplo, chegam na Vila Floresta, entram no anel rodoviário e seguem para fora do município. Em todos os pontos é assim, existe ligação com as estradas do interior.
Aliás, enquanto a obra está sendo realizada, o secretário de Desenvolvimento Rural, Cléber Carvalho, busca um caminho alternativo para o transporte da safra em março, porque não haverá como utilizar o anel naquele trecho. E por ali passa a produção da Igrejinha, a maior do município. 
Com certeza haverá uma solução do agrado de todos. Quanto a isso, os produtores podem confiar na capacidade e no trabalho do secretário Cléber.

Anel rodoviário 2
Além do benefício do objetivo do anel rodoviário, o escoamento por fora do centro, tem a realidade de ruas em bairros sem poeira no verão e sem barro no inverno, o que já é uma imensa vantagem para os moradores. Nada melhor que poder contar com uma rua pavimentada na frente de casa.
Quero poder fazer 50 quilômetros de asfalto até o final do mandato em 2020. Tenho confiança. 

Arrumando a casa
Aproveito mais uma vez este espaço para agradecer o apoio que venho recebendo da população de Bagé. Tenho percebido nos olhos e nas palavras de cada um que encontro o agradecimento por estar fazendo o que me elegeram para fazer. Enquanto tiver o apoio da comunidade, mais força terei para trabalhar. Reafirmo que não tem sido fácil arrumar a casa, mas com a equipe que consegui reunir, com força de vontade e fé, conseguiremos fazer de Bagé uma nova cidade, com mais perspectivas de desenvolvimento, mais atenção às pessoas e cuidado com os nossos valores, que fazem parte da tradição de um município da grandeza da Rainha da Fronteira.

Carnaval
Fiquei muito feliz de ver tanta gente na Praça Silveira Martins, no sábado passado, para se divertir com o Samba na Praça. Muito bom interagir com as pessoas, ouvir, abraçar e brincar. Acredito que o secretário Fabiano Marimon, junto às entidades carnavalescas, tem conseguido incentivar o espontâneo de cada um na formação de uma nova cultura do carnaval em nossa cidade, uma cultura em que a praça seja o palco de um grande movimento da maior festa popular brasileira.
Assim, espero que no dia 25, ao meio-dia, durante o grande desfile programado, essa espontaneidade se faça forte e marque nossa tradição carnavalesca brotando franca e viva no coração dos bageenses.

Vereadores
Fevereiro é o mês em que o Legislativo começa o exercício anual. No Senado, na Câmara Federal e na Assembleia começam as formações das mesas diretoras. Na Câmara Municipal de Bagé têm início o período das sessões ordinárias. Quero, aqui, felicitar a nova legislatura. Um por um dos vereadores merecem todo o respeito do Executivo, de mim em especial, porque, nos últimos oito anos, foi ali, naquele prédio da esquina da avenida Sete de Setembro, que fiz a minha verdadeira formação política. Na Câmara, aprendi sobre regimento, lei orgânica, orçamento municipal, enfim, aprendi a compreender Bagé, entender suas necessidades e as carências da população. Sejam bem-vindos à vida legislativa aqueles que começam agora e aproveitem bem suas esperanças em favor do município aqueles que conseguiram a reeleição.
Felicidades e que o ano seja promissor. Em mim terão um parceiro de trabalho em benefício de Bagé. 

Deixe sua opinião