No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Todos por Bagé
Publicado em 20/01/2017

Divaldo Lara

Prefeito de Bagé
Divaldo Lara

Prefeito de Bagé

Nosso governo já começa a mostrar resultados concretos. Em 20 dias de trabalho, o envolvimento com problemas, dificuldades e busca de solução para Bagé é total.
Estamos trabalhando, sim, e muito. Integrados, secretaria a secretaria, setor por setor. Paralelo ao trabalho prático, discutimos os planos e metas da administração, o que pretendemos fazer e vamos fazer em cada área, segundo os anseios da comunidade, as convicções humanas e técnicas do que é melhor para o município. Sem deixar de lado as barreiras inerentes, bem como a situação em que encontramos a Prefeitura, mas sendo incansáveis em superá-las. O nosso governo tem planejamento. Sabemos o que queremos.  Considero isso muito importante.
Uma de minhas características (ou manias) é enxergar um projeto, como se olhasse um mapa ou uma maquete do alto. Preciso compreender claramente o que está sendo feito e como está sendo feito. Não gosto de me sentir num labirinto, tateando caminhos, supondo saídas para o problema. Prefiro a técnica. Ver com clareza o modo como iremos trabalhar,  permite, por exemplo, que busque métodos alternativos diante de um problema que surja no meio do caminho; permite que ao tratar sobre planejamento com um secretário tenha o domínio do assunto e saber quais direções definimos que seriam tomadas para a sua execução.
Estamos trabalhando. A comunidade já compreendeu que na Prefeitura levamos muito a sério a responsabilidade recebida. 
Temos vários exemplos de seriedade no trabalho nesses primeiros dias. Em todos os setores. Na Secretaria de Economia, Finanças e Recursos Humanos, com o secretário Aurelino Rocha, buscamos todas as formas para conter os gastos, os exageros que vinham acontecendo, a falta de controle. Já sabemos qual o melhor caminho para a contenção de despesas e temos realizado o contingenciamento necessário.
Quarta-feira assinamos o convênio com o Núcleo Bageense de Proteção aos Animais. Depois de tratarmos o tema com muito respeito, mostrando a realidade do município, mas jamais menosprezando a importância do trabalho, que é de saúde pública, conseguimos chegar a um acordo, oferecendo alternativas para que a verba necessária possa chegar ao Núcleo. O novo convênio permitiu, por exemplo, que a Saúde aplicasse R$ 40 mil em exames urgentes, que eliminarão filas enormes de 700 eletrocardiogramas, 440 tomografias e 210 ressonâncias. Aliás, a Saúde, que tem à frente Mário Mena Kalil, tem sido uma prioridade que colherá resultados significativos em pouco tempo. Aliás, hoje já colhe se levarmos em consideração o número de médicos especialistas que já estão atendendo em quatro pontos da cidade: Vicente Gallo Sobrinho, Cohab (Caic), Floresta e Centro Social Urbano (zona Leste). Também é preciso esclarecer que o convênio com a UPA  e o Samu, com pagamentos em atraso, totalizando mais de R$ 1 milhão, recebeu de nossa parte R$ 590 mil referente ao mês de novembro. 
Enfim, muito há que dizer sobre os primeiros dias. E tudo se resume a trabalho e dedicação.
Meu muito obrigado, em nome da equipe, ao apoio da população.

Deixe sua opinião