No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Mário Mena Kalil por Bagé
Publicado em 09/12/2016

Divaldo Lara

Prefeito de Bagé
Divaldo Lara


Divaldo Lara
– Presidente da Câmara e prefeito eleito de Bagé
 

O médico mastologista Mário Mena Kalil aceitou o convite que lhe fiz para ser o secretário municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência por ideal, por cidadania e por bageensidade. Explico aqui o que significam todos esses motivos. Em primeiro lugar, é preciso esclarecer que o doutor Mário Kalil já demonstrou esse seu espírito idealista e cidadão na Provedoria da Santa Casa de Caridade, demonstra no Ciom – o Centro Integrado de Oncologia e Mama e em tudo o que diz respeito à saúde da mulher. Bagé e região sabem disso.
Ter a liberdade e a possibilidade de fazer uma grande gestão na Saúde do município foram seus grandes motivadores.
Bageensidade, já diziam aqueles que estavam na cidade antes de mim, significa compreender e amar Bagé, entender o espírito do lugar. A bageensidade do futuro secretário está no olhar que ele lança sobre a Rainha da Fronteira com todas as suas potencialidades, está no perceber as pessoas com sensibilidade e saber que o público pode fazer o bem para quem mais necessita desse bem, basta querer e arregaçar as mangas. Por conhecer Bagé em toda a sua vida, Mário Mena Kalil tem esse olhar diferenciado de quem percebe que é possível fazer mais e melhor com a política de saúde. Em uma de suas primeiras entrevistas após ser anunciado secretário, ele avisou que não se afasta da medicina, da mastologia, da reconstituição mamária, da prevenção e tratamento do câncer de mama. Ou seja, o médico continua exercendo sua profissão e a cidade ganha um gestor qualificado.
Aqui, nesta coluna, eu agradeço publicamente ao amigo por ter aceito o convite. Vamos juntos fazer uma grande gestão.
  
Cem dias
A propalada dificuldade que teríamos em compor o governo devido ao número de partidos ao nosso lado na disputa vitoriosa pela Prefeitura de Bagé, não passou de falácia, de palavras ao vento. Nosso entendimento é o melhor que pode haver. A postura dos dirigentes partidários é de uma cidadania exemplar, de uma demonstração de bem querer por esta terra como jamais vi em toda a minha vida pública. E muitos, mais antigos que eu, dizem o mesmo. É uma postura digna de aplausos.
Todos compreenderam que precisamos de 100 dias para acomodar as abóboras na carroça, para colocar os móveis da casa no lugar e ver quem é quem e como o serviço pode ser melhor. Vamos auditar contratos do município e ver onde está, como está e com quanto está cada servidor do quadro. Isso se faz necessário. Ninguém questiona que a máquina tem que diminuir e mudar a forma como opera.
A população espera muito de nós, os partidos sabem que fazem parte da engrenagem, sabem que a máquina administrativa tem de ser menor e melhor.
Parabéns e muito obrigado por confiarem em mim e no meu vice, Manuel Machado. 
 
Resistência às drogas e à violência
É com imensa alegria que participei, esta semana, de mais uma formatura do Proerd - o Programa Educacional de Resistências às Drogas e à Violência, desenvolvido pela Brigada Milita e que forma 884 alunos da rede pública. Ao longo dos anos já são mais de 14 mil crianças e jovens bem encaminhados.
Tenho orgulho de ter sido o autor da lei que garante ajuda do governo a este que é o único programa que faz trabalho preventivo de segurança no nosso município com as crianças da rede de ensino. Parabéns aos alunos, aos pais e aos instrutores que formam essa legião de guerreiros contra as drogas e a violência.
 

Deixe sua opinião