No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Hoje tem aniversário. Um ano da Casa de Hospedagem dos bageenses em Porto Alegre
Publicado em 07/06/2019

Divaldo Lara

Prefeito de Bagé
Divaldo Lara

Hoje estamos celebrando o aniversário de um ano da nossa Casa de Hospedagem, em Porto Alegre. Há exato um ano, os bageenses passaram a ter um local como referência, na capital, durante o tratamento de saúde. A casa, que abriga tanto pacientes transitórios quanto os que precisam permanecer por um período mais longo, têm capacidade para 40 pessoas por vez.
Atualmente, a casa que foi inaugurada no dia 7 de junho de 2018, que oferece importante complemento para a saúde dos bageenses, tem muitas histórias para contar. Amizades feitas, pacientes recuperados, troca de experiências, mas, acima de tudo, acolhimento e carinho em um momento delicado na vida de quem busca por tratamento na capital.
A necessidade de permanecer em uma cidade grande como Porto Alegre não é tarefa fácil para muitos, que dispõem de poucos recursos, principalmente para se manter em uma cidade grande e sem referência de amigos ou parentes.
Morei em uma casa de hospedagem com esta mesma finalidade há anos atrás, mantida com recursos próprios, pelo meu irmão, hoje presidente da Assembleia, deputado Luís Augusto Lara, que por muito tempo serviu a tantas pessoas. Neste período, quando sequer na vida pública eu estava, busquei, pessoalmente, pessoas em bancos de rodoviária, em saguão de hospitais e até mesmo da rua para abrigarem-se na casa. Meu maior aprendizado deste período foi entender a real importância deste local e o entendimento de que um serviço destes deveria ser oferecido pelo Poder Público, ampliando sua magnitude.
Como prefeito da minha cidade, o aprendizado virou meta e, pensando no conjunto de complexidades que envolve um tratamento fora do município, inauguramos a primeira casa de hospedagem oferecida por um município, na capital. É para lá que a maioria dos tratamentos especializados são encaminhados e para onde viaja a grande maioria dos três mil pacientes por mês.
O ambiente foi inaugurado contando com a participação solidária de muitos, como as voluntárias do Movimento da Mulher Gaúcha, lideradas pela vereadora Sonia Leite, que na época confeccionou e doou 44 conjuntos de lençóis, mantas, pratos, talheres, além da doação de uma máquina de lavar roupas.
Recentemente, a casa ganhou melhorias para oferecer mais conforto, com a instalação de aparelhos de ar-condicionado.
Os pacientes não são os únicos beneficiados, pois o espaço também reserva um cômodo para os motoristas que transportam os bageenses, para que possam descansar, tomar banho, fazer refeições e retornar em segurança.
O termo “casa” não é utilizado por acaso, pois é assim que queremos que os bageenses se sintam, protegidos do desconhecido de uma cidade grande e que essa preocupação a menos traga efeitos positivos no tratamento.
Parabéns aos colaboradores pelo acolhimento carinhoso às famílias, às equipes da Smasi, da Saúde e a todos os pacientes que já fazem parte da história deste um ano da Casa de Hospedagem.

Deixe sua opinião