No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

The Spirit
Publicado em 28/11/2016

Cid M. Marinho

Cidade: Bagé / RS
Cid M. Marinho

Foto: Alicia Ibañes/Especial FS

Will Eisner foi o criador e desenhista de “Spirit”, e quem elevou as histórias em quadrinhos ao status de “Arte Sequencial”. Ele nasceu em Nova Iorque, em 1917, e morreu em Fort Lauderdale, na Flórida, em 3 de janeiro de 2005.
No Brooklin, Eisner publicou a história do detetive Spirit, em 1940. O personagem foi aposentado 12 anos depois. Mas o autor nunca deixou de atuar na área. Ele voltou à cena em 1978, com a “1ª Grafic Novel” o  “Contrato com Deus”, um retrato da vida nos cortiços do Bronx, durante a depressão americana.
Convocado para servir o exército, na Segunda Guerra Mundial, ele transformou as experiências em HQs reflexivas, como “No Coração Tempestade” e “O Último Dia no Vietnã”. Considerado uma lenda dos quadrinhos, passou a emprestar o seu nome a um dos principais prêmios: o “Eisner Awards”, criado em 1988.
Suas obras mais recentes são “The Plot” e “Fagin the Jew”, que abordam questões do judaísmo. Nos Estados Unidos, saiu a sua biografia – “Will Eisner: A Spirited Life”, de Bob Andleman.
No Brasil, as aventuras de Spirit foram publicadas pela Editora Abril Jovem, de junho de 1990 até setembro de 1991. Ao todo, foram 16 edições.

Deixe sua opinião