No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Matéria especial - Brinquedos que ensinam
Publicado em 06/06/2019

Folhinha

Foto: -

CAPA

O momento de lazer das crianças pode também se tornar uma excelente oportunidade para o despertar de diversas habilidades, por meio do uso de brinquedos educativos. Eles permitem levar à rotina dos pequenos brincadeiras mais qualificadas, que refletirão no desenvolvimento.

Uma busca (divertida) pelo desenvolvimento cognitivo e social*

Independentemente da faixa etária, brincar é uma das partes mais importantes durante a infância. Mas os brinquedos educativos vão além de entretenimento, eles desempenham um papel importante para o desenvolvimento cognitivo e social das crianças.
Jogos auxiliam a criança a aprimorar o intelecto, estimula a memória e o raciocínio lógico. As capacidades de se concentrar e observar também são desenvolvidas, principalmente na fase de aprendizado.
Brinquedos educativos transmitem valores sociais essenciais para a formação como cidadão, como receber ajuda e auxiliar o próximo nas tarefas e a obediência às regras estabelecidas. Assim, eles levam esses conceitos para o dia a dia desde cedo. Ajudam também a interagir com outras crianças, sobretudo os que são realizados em grupo. Faz como que percebam a importância do relacionamento interpessoal.

Como os brinquedos ensinam as crianças a lidar com as diferenças
Pais e educadores estão diante do desafio de ensinar valores, como respeito, aceitação e empatia ao lidar com as diferenças. Sabemos que criança aprende brincando, então é possível fazer dos brinquedos e das brincadeiras importantes aliados no momento de ensinar às crianças a lidar com as diferenças.

Sugestões para preparar a meninada para um mundo mais inclusivo
Brinquedos representando diferentes culturas
Presenteie as crianças com brinquedos que mostrem a imensa diversidade cultural em que vivemos, como os bonecos e bonecas em trajes típicos de diferentes países. Apresente a eles a boneca russa Matrioska, por exemplo, e contem sobre o país de onde ela veio, a língua, os costumes e de que tipo de comida ela gosta.

Livros e filmes são sempre apreciados
Seja no cinema, em DVD ou em livros, as histórias são fundamentais para o aprendizado e a formação dos pequenos, contribuindo para construir uma sociedade com cidadãos mais inclusivos.

Um globo terrestre e um mapa-múndi
Ter em casa um globo terrestre ou um mapa-múndi para falar de outras culturas mostrando a localização dos países é uma ótima forma de explicar a grandeza que é o nosso mundo. Assim, além de divertir as crianças, pode mostrar onde vivem os indígenas e falar da cultura deles, ou mostrar os estados onde a população de origem africana é predominante, como na Bahia, por exemplo.

O teatro também ensina a lidar com as diferenças
Trajes típicos de diferentes países podem ser improvisados com pedaços de tecidos. Vista a turminha com saris indianos, quimonos japoneses, turbantes árabes e até a burca ou o véu muçulmano!

Cozinhando também se aprende
Apresente à criançada a culinária dos outros países! Podem comprar ou preparar comidas típicas, como japonesa, chinesa, indiana ou africana, por exemplo, e usar os kits de culinária para brincar e aprender a diversificar o paladar provando diferentes sabores de diferentes culturas.

*Esse conteúdo foi selecionado a partir de informações divulgadas on-line pelos blogs “A barata diz q tem”, “Aquarelas parques”, “Empório do bebê e cia.” e “Mundo educação”.

Deixe sua opinião