No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Matéria especial - A criação de laços na Educação
Publicado em 27/06/2019

Folhinha

Foto: Alicia Ibañes/Especial FS

No contexto da Educação Infantil, o vínculo criado entre educador e criança é tão importante quanto outros parâmetros considerados primordiais pelos referenciais curriculares. Entrevistamos a pedagoga Laura Robaina que, em um bate-papo, explica o porquê dessa relação ser considerada primordial nesta etapa inicial.

A força e a importância do vínculo entre professor e criança

FK- Por que o vínculo criado entre educador e criança é tão importante, principalmente na Educação Infantil? Como essa relação influencia no desenvolvimento da criança?
Laura - O vínculo entre o educador e a criança é de extrema importância, pois depois da convivência com a família o educador passa a ser a referência do aluno na escola.
Uma boa relação com o educador desenvolve o relacionamento com a sociedade e com o meio, assim os medos e as habilidades são descobertos, abrindo-se as portas para o aprendizado.

FK- Como fazer a criança se sentir segura e acolhida no ambiente escolar? Que estratégias podem ser adotadas para a criança ficar confortável e facilitar a adaptação?
Laura - Quando se fala em uma fase tão nova como essa que é a adaptação, pensa-se também no quanto o momento é difícil para a criança e para os pais. Por isso, é interessante que o professor proporcione um ambiente que transmita segurança ao aluno e confiança aos pais.
Uma das funções do vínculo é exatamente dar a sensação de proteção e conforto para a criança, cujo primeiro impulso é transferir para o professor a relação de segurança que teria com a mãe. Nesse momento, o educador é o mediador afetivo da criança no espaço escolar, bem como aquele que facilita a adaptação.
Uma das estratégias utilizadas pelos educadores é conhecer a criança, perguntar sobre ela, saber gostos e sentimentos e procurar proporcionar momentos individuais com tudo aquilo que ela gosta, o educador deve estar sempre com um sorriso no rosto para conquistar e cativar o aluno.

FK - O professor dessa faixa etária não é só mediador da criança com o meio e facilitador de novas relações sociais nesse ambiente, ele também é responsável pelo conhecimento. Com isso, como o vínculo entre professor criança tem participação na construção do conhecimento?
Laura - O processo de construção do conhecimento ocorre na medida em que o educador busca favorecer o desenvolvimento da criança, incentivando a atividade frente a problemas que fazem parte dos interesses e necessidades, promovendo situações que incentivem a curiosidade, possibilitando a troca de informações entre os alunos e permitindo o aprendizado das fontes de acesso que levam ao conhecimento, por isso a participação do educador é fundamental para a construção do conhecimento da criança.

FK - Se a presença do vínculo é importante e benéfica para o desenvolvimento infantil, como a falta dele pode prejudicar?
Laura - Falta de vínculo entre educador e criança  pode comprometer o desenvolvimento infantil na mesma proporção, nesse caso, a criança pode se conter e deixar de desenvolver as possibilidades: se tem uma dúvida, não vai perguntar; possivelmente terá baixa interação com as outras crianças e ficará afastada do grupo; a autoestima poderá ser comprometida e a criatividade afetada por medo de se expor; bebês e crianças menores poderão ter aspectos motores prejudicados, tanto na coordenação ampla – o andar, o correr, o pular quanto na coordenação fina do desenho, da escrita. Tudo isso compromete o desenvolvimento cognitivo da criança e pode comprometer a vida escolar dela. Sem contar que crianças sem vínculos com os educadores não sentem nem vontade de frequentar a escola.

Deixe sua opinião