No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Folhinha na sua escola: Bebês artistas: Pintura em tela na escola O Gato Xadrez
Publicado em 29/08/2019

Folhinha

Foto: Divulgação/FS

Baseadas na ludicidade, as atividades previstas para o berçário na Escola de Educação Infantil O Gato Xadrez, possibilitam que os alunos brinquem, aprendam e explorem as novas descobertas de maneira prazerosa.
A partir daí, as professoras Suelen e Cintia desenvolveram a proposta de pintura em tela com os pequenos. Em duplas, os bebês foram colocados em contato com uma diferente experiência sensorial. O objetivo, segundo as docentes, é estimular os sentidos para garantir o desenvolvimento motor e cognitivo deles.
Pintar é uma forma de expressão que permite conhecer o novo e o diferente. Além disso, é uma boa maneira de introduzir a arte, mesmo sendo uma brincadeira para as crianças. A pintura estimula os bebês de forma criativa, significativa e divertida.
No entanto, com crianças tão novinhas, é preciso ter cuidado ao escolher as tintas, buscando as mais adequadas à faixa etária. “Crianças pequenas estão com a fase oral em desenvolvimento. Então, tudo que precisa ser experimentado, é levado à boca”, destaca Suelen.
Por isso, a atividade foi realizada com tinta comestível. Isso não significa que as crianças irão comê-las, mas, se caso o bebê decidir explorar e colocar a mãozinha suja na boca, não vai ter problema, pois a base da tinta é feita com alimentos. 
Para a produção da tinta, são utilizados iogurte natural e corantes alimentícios de diversas cores. Basta misturar com a cor desejada e já se tem o produto, com textura aproximada da tinta guache.
A escolha do iogurte natural é uma dica importante, pois, ao prová-la, a criança sentirá um gosto mais azedo e isso pode fazê-la perceber que não é muito agradável, entendendo que tinta não se põe na boca.
 

Deixe sua opinião