No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Estímulo da criatividade
Publicado em 14/11/2019

Folhinha

Foto: Divulgação/FS

capakids

Criar histórias a partir de situações do dia a dia, encontrar soluções inusitadas e inventar mil teorias sobre a vida são habilidades constantemente associadas às crianças, já que a infância é tempo de brincar, de imaginar e de criar. Embora toda criança tenha um potencial criativo, é sempre importante estimular a criatividade. Nesta semana, veja sugestões de como fazer isso.

Pequenos seres criativos

Sabiam que 17 de novembro é o Dia da Criatividade? Esta competência é responsável por produzir coisas geniais, inovadoras e mágicas. Portanto, é muito importante desenvolvê-la, independente da fase da vida.
Mesmo acreditando que a criatividade é uma aptidão inerente às crianças, incentivá-la, nunca é demais. Nesse sentido, a família e a escola têm papel fundamental para propiciar que essa habilidade seja trabalhada e desenvolvida. Ao fazer isso, se colabora para que os pequenos se tornem adultos mais criativos, curiosos e motivados. Qualidades que, com certeza, serão muito valorizadas ao longo da vida. 
O brincar, sem dúvidas, é uma das principais formas de estimular a criatividade dos pequenos, assim como as histórias. Contudo, existem outras maneiras de oferecer um ambiente propício à criação. Para ajudar os pais desenvolver essa habilidade nos pequenos, trouxemos dicas simples para estimular a criatividade das crianças. Confira!
Invista no contato com a arte
A arte é fundamental para que nos coloquemos no mundo enquanto sujeitos, expressando nossas subjetividades, habilidades e individualidades. Pensando nisso, não nos resta dúvidas quanto à importância da arte na infância. Afinal, é durante os primeiros anos de vida que os pequenos descobrem o próprio modo de conhecer e ser, além das habilidades cognitivas individuais. Por isso, invista em atividades artísticas! Muita tinta, lápis de cor, colagens e tudo que a imaginação permitir.
Incentive gostos e hobbies
Jogar bola, pintar, dançar, assistir filmes, desenhar… Desde novinhos os pequenos já começam a desenvolver as preferências e, neste momento, é fundamental que incentive essas atividades para que eles possam explorá-las ao máximo. Isso não só estimula a criatividade, como também colabora com o desenvolvimento e a autoestima.
Use desafios para estimular a curiosidade
Desafios e jogos de perguntas e respostas, por exemplo, são os preferidos dos pequenos que já estão em idade escolar, especialmente a partir dos 6 anos, quando noções de regras estão em pleno desenvolvimento. Essa é uma ótima maneira de instigar a curiosidade das crianças, fazendo-as questionar e refletir sobre o mundo a sua volta, desenvolvendo as próprias teorias.
Propicie contato com o novo e com o diferente
Sair do ambiente familiar é um ótimo exercício para adultos e crianças. É dessa forma que ampliamos nossa visão de mundo, exercitamos a empatia e, também, estimulamos a criatividade. Para as crianças, tudo é novo.  Por isso, passeios de final de semana e, até mesmo, idas ao mercado podem se tornar grandes aventuras que ocasionam um verdadeiro temporal de perguntas. Então, procure sempre levar os pequenos a lugares que estimulem a imaginação e o contato com a natureza, como museus, bibliotecas e parques.

Fonte: Blog da Leiturinha

 

Deixe sua opinião