Era uma vez...
Publicado em 26/06/2013

Folhinha

Foto: Juliana Andina

Contar histórias para crianças exige, além de carisma, criatividade. Carmen Dora Torrescassana, mais conhecida como Vovó do Conto, é uma dessas "fadas" que as crianças encontram por aí. Aos 65 anos de idade, Carmen volta a encantar o público infantil com seus contos cheios de aventuras e emoções.
Ela relata que tudo começou quando, há 15 anos, conheceu, através da televisão, o livro “O sapo Bocarrão”. A partir daí, a Vovó do Conto começou a encantar os pequenos. Para Carmen, contar histórias é mais que entretê-los. “É nessa hora que vamos despertar o prazer da leitura. É preciso fazê-los interagir, participar, querer saber o que acontece no decorrer da história”, destaca.
Carmen diz que não é contra a tecnologia, mas assegura que a leitura auxilia a formação das crianças. “Joguinhos, internet, televisão fazem parte da rotina deles. Mas a leitura ajuda no desenvolvimento do pensamento e do senso crítico”, enfatiza.
Com a morte recente da escritora infantil Tatiana Belinky, na semana passada, Carmen resolveu voltar ao mundo dos contos infantis. “Tatiana era como uma fada e penso que quem conta histórias são fadas que se comunicam. Então resolvi voltar”, relata. A volta da Vovó do Conto aconteceu na Escolinha Doce Deleite, onde ela realizou a hora do conto.

Deixe sua opinião