No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Adaptação escolar
Publicado em 05/03/2020

Folhinha

Foto: Divulgação/FS

Adaptação

Facilite a adaptação dos pequenos

Mudar de escola é algo que sempre pode acontecer. No entanto, para muitas crianças, essa mudança pode ser dolorosa e é preciso que os pais deem uma “ajudinha” para facilitar a adaptação escolar.
Pensando nisso, buscamos dicas e listamos algumas das melhores indicações do blog Leiturinha para este caso. Afinal, para muitos, esse processo acaba sendo mais doloroso para os pais do que para os próprios filhos.

-Atenção à rotina!
A rotina proporciona conforto e segurança. Se um ambiente novo é introduzido em uma rotina já conhecida, o impacto percebido é bem menor. 
A rotina é uma das percepções mais importantes dos pequenos. Para crianças mais novas, é importante que ela seja menos afetada o possível. Para crianças um pouco mais crescidas, o mais importante é envolvê-las em todos os processos, seja arrumar a mochila para a nova escola até separar o uniforme novo no dia anterior.
Participar dessas atividades junto aos pais faz com que a criança se sinta cuidada e, principalmente, parte de tudo isso.

-Transforme a “hora de dar tchau”
O momento crucial durante a adaptação a uma nova escola é a despedida em si. Mostrar confiança na nova escola, em seus educadores e na decisão de mudança é algo que a criança percebe.
Deixe bem claro que essa situação não é deixar algo para trás, mas a oportunidade de encontrar oportunidades pela frente: novos amigos, novas brincadeiras, novas aventuras.
Essas atitudes são fundamentais também no último dia da escola antiga: converse com todos para transformar o “que pena que você está indo embora” por “boa sorte nessa nova aventura!”.

-Adapte-se também
O choro na entrada da nova escola pode acontecer e, com isso, a ansiedade ao longo do dia para saber se está tudo bem volta. 
Pensar em pequenas distrações para quando isso acontecer pode ajudar bastante. Sempre que bater a ansiedade, que tal ouvir aquela música favorita? Ou até sair para tomar um ar.
Outra coisa importante: conheça e se envolva com a comunidade de pais e professores da nova escola. Conheça o ambiente, os responsáveis pelas crianças dentro da escola e fora dela.

-Demonstre interesse…
Se mostrar interessado pelo novo ambiente demonstra segurança à criança. Para isso, essa lista de alternativas, por exemplo, a pergunta: Como foi a escola hoje?
Faça perguntas variadas. Faça mais perguntas sobre o tema que pareceu deixar o pequeno mais animado ao responder.
Outra coisa importante: preste bastante atenção às respostas evasivas ou quando não tem resposta alguma. Aí podem estar os pontos problemáticos da experiência da criança na nova escola.

Deixe sua opinião