No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

​​​​​​​Tire as dúvidas sobre implante dentário
Publicado em 05/03/2020

Folha Saúde

Foto: Divulgação/FS

CAPA

 Mitos e verdades sobre implantes

Se você já sofreu com a perda de dentes, é provável que o dentista tenha sugerido a realização de um implante dentário. O tratamento oferece benefícios não só na estética, mas também para o bom desenvolvimento da mastigação e da fonética, deixando a pessoa mais confortável na hora de sorrir, comer e falar.
Porém, circula por aí muitos mitos e verdade sobre implantes dentários, por isso, nesta edição, conversamos com a especialista Vanessa  Moreira, que explica os procedimentos dessa técnica.

 

Segundo Vanessa  Moreira, para se obter o resultado desejado é necessário uma combinação de técnicas, materiais de última geração, treinamento e experiência por parte do profissional, que ofereça um atendimento de qualidade, satisfazendo o desejo da pessoa

 

O implante dentário pode ser feito por qualquer pessoa?

Vanessa Moreira - Verdade. Mas, antes disso, será necessária a realização de alguns exames de imagem, para verificar estrutura óssea para fazer a implantação correta.
Outra dúvida é em relação às pessoas que possuem doenças cardíacas e diabetes. Elas também podem realizar o tratamento, desde que haja um controle da doença.
O implante dentário é indicado para pessoas que já possuem o completo crescimento dos ossos, o que acontece entre a idade de 17 e 18 anos para mulheres e entre 18 e 19 anos para os homens.


O organismo pode rejeitar o implante?

Vanessa Moreira - Mito. Os implantes são feitos de titânio, o qual se integra ao osso com facilidade, pois esse material é compatível com o tecido ósseo.
Os raros insucessos de um implante ocorrem devido a algum problema no pós-operatório ou em relação à qualidade óssea do implantado.
Esporadicamente acontecem problemas relacionados a infecções, mas isso pode ser evitado com a contratação de um profissional qualificado para a realização do procedimento.


Pessoas sem osso podem receber o implante?

Vanessa Moreira - Verdade.  Podem realizar o implante dentário, mas antes é necessário que seja realizado um enxerto ósseo, o qual vai desenvolver a espessura do osso, possibilitando a implantação.


O tratamento pode ser feito com a gengiva inflamada?

Vanessa Moreira - Mito. O tratamento não deve ser feito se a saúde bucal não estiver em dia. As inflamações na gengiva ocorrem devido à má higienização, bem como as bactérias existentes na cavidade oral.
Se o procedimento for realizado sem a eliminação da inflamação, a doença pode se instalar no implante, fazendo com que o tratamento não alcance os resultados esperados.

Quanto antes fizer o implante melhor?

Vanessa Moreira -  Verdade. A espera para realizar o implante não pode acontecer, pois, além de tornar o procedimento mais complexo, ele se torna mais oneroso também.


O implante dentário é doloroso?

Vanessa Moreira - Mito. O implante dentário não é doloroso. No momento do procedimento o profissional aplicará anestesia no paciente, fazendo com que o mesmo passe por todo o procedimento sem nenhuma dor.
O que pode acontecer é que a pessoa sinta algum incômodo após o procedimento, contudo, não se preocupe, pois isso é normal e pode ser tratado com a utilização de anti-inflamatórios e analgésicos.


De acordo com a especialista, os implantes são pinos de titânio que substituem dentes perdidos, seja em casos da necessidade de reposição de todos os dentes (protocolo fixo) ou reposição de um ou mais dentes perdidos, recuperando, dessa forma, a estética e a função mastigatória.
Segundo a profissional, há dois casos de prótese sobre implante:

Dois implantes para quatro dentes fixos 

(FOTO 1)

Protocolo fixo (sete implantes para todos os dentes fixos)

(FOTO 2)

Deixe sua opinião