Caderno Saúde 1007 / Contracapa
Publicado em 10/07/2020

Folha Saúde

Foto: Reprodução/FS

Pilates no inverno

O pilates é uma ótima atividade para enfrentar os dias frios e trabalhar o corpo e a mente, como um todo, nesta época do ano.
Segundo o fisioterapeuta Felipe Torres Barreto, a justificativa é porque no inverno temos a sensação de mais dores e desconforto na musculatura e articulações. Ele explica que as temperaturas mais baixas fazem nossas musculaturas se contraírem e juntamente nossos vasos sanguíneos. “Os músculos se contraem involuntariamente para se manterem aquecidos, e o sangue sai das articulações em direção ao tronco para manter nossa temperatura constante”, detalha.
Por causa dessa contração do corpo, Barreto fala que o resultado são dores cada vez mais presentes, principalmente em regiões que já tiveram alguma fratura ou regiões onde há inflamação. Sem contar que, no inverno, as pessoas ficam com mais preguiça, mais cansadas e com uma só vontade: ficar em casa embaixo das cobertas, parando de praticar atividades físicas, ocasionando os desconfortos.
Nesse contexto, a prática do pilates contribui para o fortalecimento dos músculos e a consequente diminuição das dores nas articulações. 
Entre os benefícios do pilates, como explicita o fisioterapeuta, nos dias de temperatura mais baixa, está o alongamento, que ajuda a ‘soltar’ os músculos. “O trabalho corporal, quando realizado de forma mais integrada, através do pilates, além do seu aspecto mecânico, cria condições para se ter mais consciência corporal, não só no aspecto físico”, afirma o profissional. 
Outro benefício que a prática pode trazer, é nos exercícios respiratórios, pois aumenta a ventilação dos pulmões e, após uns 20 minutos de treino, com a liberação dos hormônios, leva a uma sensação de bem-estar.
“No pilates, adquirimos fortalecimento ósseo e muscular, aumento da flexibilidade e mobilidade corporal e alinhamento postural. No aspecto psicológico, temos o aumento da disposição, da concentração, melhora da auto-estima e sensação de bem-estar”, define Barreto.
Os exercícios de baixo impacto e de poucas repetições como o pilates proporcionam resultados eficazes e, ao mesmo tempo, menos desgaste das articulações e dos músculos. Outra vantagem de pilatear no inverno é prevenir gripes, resfriados e demais infecções respiratórias, próprias da estação, porque reduzem a suscetibilidade do sistema imunológico e melhora a qualidade de vida de forma geral.

“É importante reforçar a ideia de que a prática de exercício físico, como o pilates, regularmente, também ajuda a aumentar a imunidade do organismo. Por isso, se você treinar com frequência, a probabilidade de ficar doente vai ser menor, pois o seu organismo estará mais forte e preparado para enfrentar os dias gelados”, elucida o fisioterapeuta.


 

Deixe sua opinião