No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Atenção para a variação de temperaturas
Publicado em 18/04/2019

Folha Saúde

Foto: Alina Souza / Especial FS

Alérgicos sofrem mais com as variações climáticas

Mudanças climáticas podem comprometer a saúde. Gripes e resfriados são algumas das doenças mais comuns neste período. Entenda o porquê e como se prevenir.


Variações bruscas de temperaturas trazem risco à saúde

Outono, entrada de inverno e de primavera. Épocas em que ficamos mais vulneráveis a doenças respiratórias. Segundo a médica pneumologista Flávia Marzola, essa mudança da temperatura a todo o momento, é muito prejudicial à nossa saúde.
É preciso, de acordo com a especialista, ter atenção com gripes, causada pelo vírus Influenza, resfriado comum, causado por uma gama imensa de vírus e doenças alérgicas, como rinite e asma, que são características de períodos de mudanças intensas de temperatura.
Ela conta que, com dias mais frios, a tendência é que as pessoas se mantenham em ambientes fechados, o que faz com que uma maior quantidade de vírus comece a circular nos espaços. O vírus costuma se depositar, assim, em diversos objetos, em móveis, na maçaneta da porta, no corrimão da escada, inclusive, tem uma capacidade de ficar ali, vivo, por várias horas.
Além disso, as pessoas ficam mais próximas umas das outras e isso facilita a transmissão de vírus, das gotículas deixadas no ar, que se dá através da respiração, da fala, do espirro, da tosse. Ao coçar o nariz, a boca ou olhos, aquela pessoa, em contato com a doença, acaba se contaminando.
Por estarmos em uma região que é comum fazer, por exemplo, nesta estação, 28º ao meio-dia e 8º à noite, o nosso corpo, explica Flávia, fica suscetível a desenvolver uma inflamação nas vias aéreas. "Essa irritação faz produzirmos mais muco, que é um caldo de cultura para vírus e bactérias", diz.
Quem é alérgico fica mais propenso ainda a fazer infecções respiratórias, tanto virais quanto bacterianas.
Mas a profissional afirma que é possível evitar ficar doente nestas épocas. “Cuidados básicos que vão desde a higiene, uso de roupas adequadas conforme a temperatura, hidratação, até a imunização com a vacina, fazem parte da prevenção”, pontua a médica.


Você sabia?

Usar a roupa certa conforme a temperatura, é uma das medidas mais importantes para evitar doenças respiratórias. Além disso, o ar-condicionado não é vilão nesta história. A especialista enfatiza que o ideal é manter uma temperatura agradável, nada de passar calor ou frio para não ter mudança na sensação térmica. Ficar suando ou com frio, é ainda mais prejudicial à saúde.


Cuidados para manter a saúde em dia, longe de gripes e resfriados:

- Toalete respiratória;
- Na hora de espirrar ou tossir, não levar a mão à boca. Cubra-a sempre, mas prefira um lenço descartável ou o braço. Se usar a mão, pode espalhar o vírus por aí;
- Lavar frequentemente as mãos. Use álcool gel apenas em casos em que não é possível lavar, como no transporte coletivo;
- Com o uso do ar-condicionado, é importante manter as vias aéreas umidificadas. Use soro fisiológico para isso;
- Hidratação é essencial. Tome bastante água, chás, sucos;
- Nos dias de chuva, organize-se para trocar peças de roupas que possam ficar molhadas. Ficar com o sapato molhado, por exemplo, faz com que fique predisposto a uma infecção respiratória, caso já tenha o vírus;
- Vacinação contra gripe. Indispensável, a imunização é o que se tem de mais eficiente contra a doença. Ela é feita com partículas de vírus vivo, então não causa doença.

Deixe sua opinião