No Ar
Folha do Sul
Web Rádio

Páginas 4 e 5 - Saúde
Publicado em 13/03/2020

ConteMPorâneo

Foto: Reprodução/FS

página 5 - bichectomia

PÁGINA 4

Odontologia e harmonização orofacial

Dia 1º de fevereiro de 2019, completou-se o primeiro ano de uma grande conquista para a classe odontológica. A data marca o dia em que o presidente do Conselho Federal de Odontologia apresentou a resolução (CFO – 198/2019) que regulamenta e transforma a harmonização orofacial como especialidade da Odontologia. 
Para o cirurgião-dentista, Leandro Saavedra Argenti, a satisfação de alcançar este marco também foi muito comemorada, já que o especialista em Implantodontia, Ortodontia e Radiologia Odontológica, está se tornando também especialista em Harmonização Orofacial.
Harmonizar a face é muito mais que “aplicar um preenchedor”, é um conjunto de fatores,  principalmente, incluindo a harmonização do sorriso. E ninguém melhor que o cirurgião-dentista para realizar este papel.
A harmonização orofacial diz respeito ao conjunto de procedimentos responsáveis pelo equilíbrio estético e funcional da face. O cirurgião-dentista, quando analisa uma pessoa, ele observa um conjunto de fatores que o leva realmente fazer uma harmonia da face. Esse profissional não se limita a realizar procedimentos apenas nos tecidos faciais, pois quando  analisa um paciente, ele busca a integração da face com sorriso, dentes, lábios, medidas ósseas faciais, conseguindo realizar uma estética facial mais harmônica.
A especialidade inclui diversos tratamentos, tais como, a aplicação de toxina botulínica (botox), preenchimentos faciais com ácido hialurônico, hidratação facial com skinbooster, aliando ainda os bioestimuladores faciais (sculptra, radiesse, ellansé, renova diamond).
Com a nova especialidade realizam-se também as técnicas para afinamento facial, incluindo a famosa bichectomia, a lipoaspiração cirúrgica da gordura submentual, além do uso dos fios de sustentação (PDO, fios russo e búlgaros).
Enfim, uma gama de procedimentos voltados para o rejuvenescimento facial. Conheça alguns deles:

 

Bichectomia

Nada mais é que um procedimento cirúrgico que reduz o tamanho das bochechas e deixa o rosto com um aspecto mais fino. 
Inicialmente, era indicada para quem tinha problemas como o de morder frequentemente a bochecha devido ao estreitamento do corredor bucal e com a intervenção cirúrgica resolvia-se a questão e evitava o posterior aparecimento de um câncer. Entretanto, o interesse aumentou devido às mudanças dos padrões de beleza, que elegeram os rostos finos como símbolos de charme e sedução. De todo modo, a bichectomia tem o propósito de devolver a autoestima e o bem-estar. 


PÁGINA 5

Lipoaspiração cirúrgica submentual

O excesso da gordura no mento acarreta o famoso queixo duplo que incomoda tanto homens quanto mulheres, por dar um aspecto de sobrepeso, envelhecimento e até desleixo. Sua indicação é retirar o excesso de gordura embaixo do queixo e parte anterior do pescoço.
Se a pessoa engordar é normal que a gordura retorne. No entanto, se observa que esse novo acúmulo tende a ser menor que o anterior, tendo em vista a fibrose local, que dificulta o acúmulo.
Na maioria dos casos, a anestesia é local, com a pessoa acordada. Isto permite que o paciente realize o procedimento de forma segura, inclusive, retornando imediatamente para casa e, no dia seguinte, para as atividades profissionais normais.
A lipoaspiração mecânica da papada não apresenta riscos. Como é feita com anestesia local pura. Ou seja, não sistêmica, o tempo de duração é curto e os riscos são muito baixos.
Perceber a diferença é imediato com a retirada da gordura, contudo, o local aspirado irá inchar e ficará apagado o resultado por alguns dias. Normalmente, com uma semana, já se percebe uma diferença nítida, mesmo assim, o resultado final aparecerá de três a seis meses. 

Fio de Sustentação

Os fios de sustentação são grandes aliados no combate à "lei da gravidade". Junto com o botox e os preenchimentos, uma nova técnica surge como uma alternativa antienvelhecimento que promete acabar com rugas, sem cortes e com efeito duradouro. Trata-se do lifting com fio lifting também conhecido por fio russo. Procedimento que consiste na colocação de fios de polipropileno de um milímetro nos tecidos profundos da face, com objetivo de corrigir pequenas áreas de flacidez.
O material do fio é totalmente inerte e possuem minúsculos cortes em forma de espinha de peixe, que o mantém fixo ao local escolhido. O procedimento tem a vantagem de atenuar rugas e suavizar sulcos do rosto, tratar a flacidez do pescoço e levantar as sobrancelhas, de forma extremamente rápida, não sendo necessários cortes, internações e ou anestesia geral.
O fio é introduzido com a ajuda de uma cânula que atravessa a face seguindo um desenho previamente feito no rosto da pessoa. O resultado é imediato e o procedimento é feito com anestesia local. Depois da aplicação, não é necessária a colocação de nenhum curativo ou atadura. Apenas aconselha-se  a não fazerem muita mímica facial durante as primeiras duas semanas, tempo necessário para integrar o fio ao organismo.

Cuidados complementares com a pele

Aliados a essas técnicas, o cirurgião-dentista enfatiza que oferece os procedimentos de skincare, voltados para o preparo da pele, desde as fases iniciais do tratamento facial, incluindo peeling químicos, além de microagulhamento (dermaroller).
Tudo isso aliado às especialidades de implantodontia, que consiste na colocação de implantes dentários para receber as futuras próteses dentárias. Também associado à Ortodontia, com colocação de aparelhos ortodônticos, visando corrigir o alinhamento dos dentes.
Ao final, o trabalho no consultório do cirurgião-dentista, Leandro Saavedra Argenti, alia também as técnicas de clareamento dental a laser, visando um sorriso mais branco. 
É a nova Odontologia criando sorrisos e harmonizando a face das pessoas. Agora, mais forte do que nunca e como especialidade da Odontologia. Ou seja, a harmonização orofacial pertence à Odontologia.

Deixe sua opinião