Bagé / RS, Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Siga-nos:

Notícia

Geral

Auxiliadora: Do apogeu de uma tradição ao declínio com o tempo

Por Márcia Sousa

Uma tradição que remonta o ano de 1943 em Bagé vem “morrendo” com o passar dos tempos. Há 73 anos, quando o Exército enviou soldados brasileiros para lutar na Segunda Guerra Mundial, muitos deles da Rainha da Fronteira, o padre salesiano, Edgar Aquino Rocha, pediu aos bageenses que acendessem uma vela na janela das casas, em oração pelo fim do conflito mundial. Além disso, o religioso pedia a intercessão de Nossa Senhora Auxiliadora pela vida dos soldados de Bagé, que lutavam na Europa.
Esse costume tornou-se tradição na cidade e, ao longo dos anos, no dia da festa de Nossa Senhora Auxiliadora, os católicos mantiveram as velas acessas nas residências do centro e dos bairros, no horário da procissão. Aliado às velas votivas, outro costume que tomou corpo na Rainha da Fronteira, foi os vitrais nos prédios, em especial nos colégios – em homenagem à copadroeira de Bagé. Essa também é uma tradição que ficou arraigada ao longo do tempo e que está arrefecendo com o passar dos anos.
A reportagem do jornal Folha do Sul conversou com o pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, padre Tarcísio Brasil Martins, sobre esses costumes que vêm “morrendo” e também com alguns fiéis que viveram o apogeu dessa tradição.
O padre, que é bageense e salesiano, conhece bem a raiz das velas votivas e dos vitrais na cultura da Rainha da Fronteira. Ao fazer uma análise sobre as mudanças de costumes, o religioso argumenta que hoje as pessoas não se ligam mais em tradição como antigamente. Além disso, aponta como uma das causas o aparecimento de outras religiões, que diversificou muito.
O pároco recorda que, em tempos passado, a procissão de Nossa Senhora Auxiliadora não era muito forte, como a lâmpadas votivas como eram chamadas as velas antigamente. “Com a evolução da sociedade, as coisas foram desaparecendo”, filosofa.
O religioso observa que antes, a festa em torno da copadroeira durava do dia 1º de maio a 31. Por outro lado, o salesiano assevera que antes os costumes eram diferentes e que atualmente existe um “novo jeito de ser igreja”, onde a tradição impera menos e, sim, mais fé com compromisso, participação e menos espetáculos.

Testemunhos de outrora
Ontem, o andor com a imagem de Nossa Senhora Auxiliadora todo ornado com botões de rosas vermelhas estava na porta na entrada principal da igreja. Enquanto a reportagem esteve no local, várias pessoas chegavam para fazer oração ou apenas tocá-la. Uma delas era Jacy Camargo Ribeiro,87 anos. Cabelos brancos como algodão e de bengala, ela rezou por um bom tempo do lado do andor.
Depois, em conversa com a reportagem ela recorda que o costume de acender velas no horário da procissão era muito forte. A idosa acredita que a modernidade é uma das responsáveis por essa tradição estar “morrendo” em Bagé. “O mundo antes era muito diferente, tudo vai se transformando, falta amor às pessoas, às crianças e aos velhinhos”, diz pensativa.
A professora, Maria de Lourdes Colmann, 72 anos, diz que começou a frequentar a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora em 1968. Ela lembra do quão era importante a confecção dos vitrais de Auxiliadora nos colégios - em especial nos que lecionou, Silveira Martins e Colégio Franciscano Espírito Santo. “Devemos cultivar os valores e a espiritualidade”, assevera.
Lourdes afirma que existe a vontade que retorne a tradição de enfeitar as residências e até o comércio da cidade. Para a professora, a família é fundamental no sentido de incentivar os filhos e lavá-los para a igreja. Ela comenta que tem uma neta de 4 anos, que está indo na novena de Nossa Senhora Auxiliadora.
Enquanto a reportagem conversava com a professora, uma senhora de 84 anos, de porte atlético e caminhada firme chegou para rezar. Ela também deu testemunho sobre o assunto, porém, pediu para não publicar seu nome. Ela conta que é ecumênica (ou seja é praticante de outra religião) e que faz a novena do “Divino Pai Eterno”, pois acredita que “Deus não tem rótulo”. Recorda que foi pensionista do colégio das freiras – como chamavam antigamente e que as religiosas levavam as alunas para frente do prédio dos Correios, à noite, para admirar os vitrais de Nossa Senhora Auxiliadora no Colégio Franciscano Espírito Santo.

BOX
Missa, procissão e homenagens

Neste dia 24 de maio, é a festa em homenagem à Nossa Senhora Auxiliadora. A paróquia que leva o nome da santa comemora 90 anos em Bagé. A  missa solene presidida pelo bispo dom Cleonir Paulo Dalbosco acontece às 17h. Depois da celebração eucarística, começa a procissão com a imagem da copadroeira. Em frente o prédio da 13ª Coordenadoria Regional de Educação, acontece uma homenagem. O mesmo ocorre em frente o Instituto Municipal de Belas Artes (Imba) e na Casa de Cultura Pedro Wayne. A benção vai ser no retorno em frente à paróquia.

Comente essa notícia

Notícias Relacionadas | 23/05/2019 | Geral

  • Bagé, Segunda-feira 23 de Maio

    Serviço de Reabilitação Física entrega cadeiras de rodas para usuários da Metade Sul

    O Serviço de Reabilitação Física (SRF) está realizando nesta quarta e quinta-feira, a entrega de 18 cadeiras de rodas para usuários de Bagé, Pelotas, Rio Grande, Capão do Leão e São José do Norte. Os dispositivos foram solicitados em fevereiro...

  • Bagé, Segunda-feira 23 de Maio

    Iniciativas buscam ajudar menina Jéssica e jovem baleado em fevereiro

    A menina Jéssica, que foi atropelada no início do mês, na avenida Portugal, está em Pelotas. De acordo com o tio da adolescente de 14 anos, Gladimir Pereira Soares, ela foi transferida para o quarto no final de terça-feira. "Já acordou e falou...

  • Bagé, Segunda-feira 23 de Maio

    Ação divulga produção local de mel

    Como divulgado na edição de ontem do jornal Folha do Sul, a quarta-feira foi alusiva ao Dia do Apicultor. Para homenagear os apicultores de Bagé e difundir a produção da Rainha da Fronteira que é reconhecida pela qualidade, a Secretaria de...

  • Bagé, Segunda-feira 23 de Maio

    Governo federal e Santa Casa ratificam compromisso para radioterapia em Bagé

    Foi publicada no Diário Oficial da União a assinatura do termo de compromisso entre o governo federal e a Santa Casa de Caridade de Bagé, para instalação do serviço de radioterapia através do Sistema Único de Saúde (SUS), no complexo pertencente...

  • Bagé, Segunda-feira 23 de Maio

    Remate da Feira de Outono acontece na tarde de hoje

    Pecuaristas de Bagé e região terão hoje, a partir das 15h, no parque Visconde de Ribeiro Magalhães, a oportunidade de adquirir animais com reconhecida qualidade genética. É a segunda etapa da 45ª Feira de Outono de Terneiros, Terneiras e...

Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

“É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada”
William Shakespeare
 
Punta & paz de espírito
Salve, salve amigos...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.