Bagé / RS, Domingo, 26 de Maio de 2019
Siga-nos:

Notícia

Geral

Morre o último remanescente do Grupo de Bagé

Danúbio Gonçalves

O artista plástico Danúbio Villamil Gonçalves, 94 anos, morreu, ontem, em Porto Alegre. Conforme uma das filhas do bageense, Sandra Gonçalves, a morte foi de causas naturais. Ele vivia em uma clínica geriátrica da capital gaúcha. O prefeito Divaldo Lara decretou luto de três dias pela morte do bageense, que fez história como pintor, gravurista, desenhista, professor e escritor.
Aluna de Danúbio Gonçalves, com quem tinha uma relação de amizade, a diretora da Casa de Cultura Pedro Wayne, Heloísa Beckman, disse que a morte do artista plástico é uma perda inestimável para a arte e cultura do Rio Grande do Sul e do Brasil. “Com Danúbio parte o último representante do Grupo de Bagé”, lamentou.
O Grupo de Bagé, composto por Danúbio Gonçalves, Glauco Rodrigues e Glênio Bianchetti, ficou conhecido por introduzir a linguagem moderna das artes no Rio Grande do Sul.
Heloísa lembra que, além de ser um excelente artista, Gonçalves era um grande mestre - ele lecionou em inúmeros cursos. A diretora contou que como escritor tinha posicionamentos fortes e era um questionador da arte contemporânea. E acrescentou que, além de um artista exigente, tinha um grande conhecimento crítico e era um questionador. “Mesmo não estando entre nós, sempre viverá pelo legado artístico e cultural”, asseverou.
O desembargador aposentado, Juca Teixeira Giorgis, mesmo não tendo convivido com o artista, era um admirador do trabalho dele.  “É uma grande perda para Bage”, falou.
Giorgis lembrou que Danúbio Gonçalves é de uma família tradicional, na sua maioria de médicos e que ele se dedicou a arte de forma original. Citou, como exemplo, as gravuras que tinham enfoque especial nas charqueadas. Giorgis recordou que, na época, o artista tinha uma inclinação social, onde por meio da arte transmitia uma mensagem sobre os mais pobres, os mais sofridos. “Ele levou o nome da nossa arte muito longe”, acentuou  o desembargador.
O escritor, compositor e publicitário Luiz Coronel descreveu Danúbio com um artista fiel e um mestre de gerações. “Danúbio, era um artista em conúbio com as cores; uma captação ágil do movimento; um conflito com o embuste que tenta invadir o mundo das artes; um andar interiorano, porém uma atualização permanente com  a dinâmica velocidade das expressões estéticas; um artista fiel à arte, um mestre de gerações”.
 
Nas páginas do Folha do Sul
Na edição do dia do dia 30 de janeiro de 2018, o Folha do Sul publicou coluna de autoria de Heloísa Beckman, por ocasião dos 93 anos de Danúbio Gonçalves. Em homenagem ao artista que levou o nome de Bagé ao mundo, por meio da arte. O Folha reproduz a coluna na edição de hoje.

A Danúbio Gonçalves
Hoje (30 de janeiro de 2018), completa 93 anos um dos bageenses mais importantes na área  das Artes Plásticas e da Cultura no Brasil.
Nasceu em nossa cidade no dia 30 de janeiro de 1925. Sua infância foi entre o campo e a cidade, onde morou no Palacete da Bento Gonçalves, esquina Marcílio Dias. Quando tinha 10 anos, sua mãe morreu e ele foi morar com a irmã, que já residia no Rio de Janeiro. Lá, fez cursos com Portinari e Iberê Camargo. Posteriormente, foi residir em Paris. Mas as férias eram sempre em Bagé.
A partir de 1945, participou de reuniões na casa de Pedro Wayne, em companhia de Glauco, Bianchetti, Maraschin, Bonorino, Ernesto Costa, Edy Lima e Ernesto Wayne, entre outros.
Junto a Glauco Rodrigues, Glênio Bianchetti e Carlos Scliar formaram o Clube Amigos da Gravura de Bagé e o Clube da Gravura de Porto Alegre.
O grupo ganhou o prêmio nacional Pablo Picasso da Paz, sendo concedido aos Clubes de Gravura de Porto Alegre e de Bagé, pela coleção de gravuras em defesa da Paz e da Cultura, em 1950. Passaram, definitivamente, a serem chamados e reconhecidos como “Grupo de Bagé”, que ganhou, hoje, relevância mundial.
Em 1953, Danúbio documentou cenas da Charqueada de São Domingos. Hoje, sua série “Xarqueada” é o registro mais importante da “era do charque”. O nome dado à série é uma homenagem a Pedro Wayne, que em 1937 publicou o livro “Xarqueada”. No final de 2017 foi lançado, em Porto Alegre, uma segunda edição pela Editora Movimento, assinalando 80 anos do lançamento no Rio de Janeiro.
Danúbio, artista de renome nacional, mesmo  percorrendo o mundo com suas exposições e recebendo premiações, sempre se dedicou ao ensino da Arte, lecionando no Atelier da prefeitura de Porto Alegre por muitos anos e na UFRGS.
Veio a Bagé inúmeras vezes para repartir conhecimento, cultura e afeto. Recebeu , com o “grupo”, muitas homenagens em sua terra natal. Gostava de reunir-se com os amigos e relembrar as muitas histórias de Bagé. Carregava a Rainha da Fronteira e os amigos no coração. Na memória, o campo, a cidade, essa luz que sempre fascinou e que tantas vezes registrou.   
Hoje (30 de janeiro de 2018), Danúbio, Bagé te homenageia e ainda sonha com a “Fundação Grupo de Bagé”, com a Lei Municipal 3776/2001, sendo  realidade e, consequentemente, serás homenageado ainda em nosso presente e para sempre, ao lado de Glauco, Glênio e Scliar.
Que assim seja!

Comente essa notícia

Notícias Relacionadas | 22/04/2019 | Geral

  • Bagé, Domingo 22 de Abril

    Peregrino, que está atravessando o mundo a pé, relata curiosidades da jornada pela vida

    Da terra referida por Pablo Neruda, em um poema, na obra Cem Sonetos de Amor, Taltal no norte do Chile, frei Marcelo Monti Bica, 40 anos, conversou com a reportagem do Folha do Sul. Com a formação inicial em Bagé, o religioso, já caminhou 4 080...

  • Bagé, Domingo 22 de Abril

    Da quietude da Sexta-feira Santa às compras de sábado

    O feriadão em Bagé foi marcado pelo silêncio de Sexta-feira Santa – dia reservado para orações nas igrejas e praticamente nenhum movimento na rua. Os fiéis saíram de casa com destino as paróquias às 15h, para celebração da Paixão e Morte de...

  • Bagé, Domingo 22 de Abril

    Festival de Cinema da Fronteira acontece em três cidades

    Bagé, Santana do Livramento, Rivera (Uruguai) sediam, nesta semana, o 11º Festival Internacional de Cinema da Fronteira. Com entrada franca, o evento começa nos dias 23 e 24 de abril, na Fronteira da Paz e prossegue de 25 a 27 de abril, em Bagé....

Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

“Os ideais que iluminam o meu caminho são a bondade, a beleza e a verdade”
Albert Einstein
 
3Gurias: 10 anos de alta moda
Elas são sucesso!...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.