Bagé / RS, Domingo, 26 de Maio de 2019
Siga-nos:

Notícia

Geral

Moradores são contra o projeto Fosfato Três Estradas

Na edição do dia 6 de abril, o Folha do Sul publicou reportagem especial sobre o projeto Fosfato Três Estradas, executado no 2º distrito de Lavras do Sul. Nesta edição, o Folha retoma o assunto que gerou polêmicas nas últimas semanas. Na ocasião, cidadãos e autoridades favoráveis ao projeto foram entrevistadas.
A reportagem repercutiu naquele município, onde alguns moradores se mostraram contrários à mineração e ao projeto. Eles entraram em contato com o Folha do Sul.
A produtora rural, Evanir Berchon, de 38 anos, tem propriedade em João Câncio, que fica próximo à localidade de Três Estradas, onde acontece o projeto de mineração de fosfato. Ela contou que há três anos e meio, junto ao esposo Édison Berchon, vem buscando informações e lendo vários estudos referentes ao fosfato, bem como a mineração do mesmo. "Com tantas informações e estudos, temos um sentimento de abandono pelo órgão que diz proteger o meio ambiente, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Luiz Henrique Roessler (Fepam). Parece-nos que está fazendo ‘vistas grossas’ para algumas questões tão sérias, que envolvem não só o meio ambiente, mas a vida dos seres humanos. Há estudos que mencionam que a rocha fosfática possui cromo, cádmio, chumbo e níquel. Em outros estudos, é mencionado que todas as rochas fosfáticas existentes no mundo contêm algum teor de elementos radioativos, principalmente urânio e tório”, salientou a produtora rural.
Evanir acredita que quando a rocha fosfática contém um elevado teor de urânio, este pode ser recuperado como subproduto durante a produção do ácido fosfórico.  Segundo ela, um estudo feito por alunos de geologia da Unipampa mostra que Três Estradas possui uma anomalia de terras raras, considerada ‘o ouro do século 21’, tendo em vista que as terras raras são de difícil extração, inclusive, alguns desses minerais são radioativos. "Fica a pergunta: A Fepam está cobrando esses riscos da empresa? Quem irá fiscalizar se realmente será levado somente o fosfato? A duração da mina será de 50 anos, até lá, muitos de nós não estaremos vivos, mas, certamente, muitos irão sofrer com essas consequências. Como tantos anos de estudos de pessoas sérias podem ser ignorados?", questionou.
A produtora rural disse que para fatos não existem argumentos. Ela citou como exemplo a Ilha de Nauru, próximo ao Havaí, que foi destruída pela mineração de fosfato, e hoje só resta um paliteiro estéril de calcário e não possui mais vida aquática ao derredor. "Não é esse o fim que queremos para Três Estradas. Temos muitas outras formas de desenvolver uma região sem destruí-la”, defendeu.

A pecuarista Izimari Mazzini Dias Bettanzo, de 55 anos, contou que se criou na localidade de Três Estradas. Depois, saiu para estudar, se formou em Medicina Veterinária e retornou para o lugar onde criou os dois filhos. Ela disse que é contra a mineração em qualquer lugar, porque acaba com a natureza e polui o meio ambiente. "Hoje, somos espectadores de vários desastres consequentes de ‘projetos seguros’. É difícil falar porque este é meu chão, contudo, só quem sente na pele entende a dor e a tristeza em saber que aqui será instalada uma mineradora. Um lugar lindo, com muitos mananciais e matas nativas. Sangas que cortam os campos, muitos animais silvestres, enfim, com fauna e flora abundantes. Com a instalação deste empreendimento", toda natureza será  afetada”, ressaltou Izimari.
O produtor rural e morador da localidade de Taquarembó, que fica próximo à Três Estradas, Luciano Jardim, é contrário ao projeto. “Só por questões ambientais já é prejudicial", enfatizou. Jardim comentou que o rio Santa Maria passa pela localidade e que mais de 30 municípios serão atingidos. "A Fepam exige de nós produtores, mas não exige de empresas grandes que irão causar impacto ambiental a toda a região. Além disso, haverá impacto social, porque virá muita gente para cá. Pessoas que não se sabe a índole. Isso mudará uma rotina de vida e de trabalho. Já tem desastre ambiental aqui na região, porém isso ninguém fala. O Estado é conivente com isso. Se um carroceiro for flagrado tirando areia de um rio, ele será multado. Entretanto, a Fepam acha normal tudo isso que querem fazer aqui. Temos que cobrar, sim, desta fundação que foi criada para proteger", asseverou.

Objetivo do empreendimento na região
Conforme a assessoria de comunicação da Águia Fertilizantes, o projeto surge no cenário do Sul do Brasil com o objetivo de extrair, beneficiar e comercializar o minério de fosfato para produção de matéria-prima voltada às indústrias de fertilizantes, de corretivo agrícola e nutrição animal. Os investimentos superam os R$ 200 milhões, que contribuirão para o desenvolvimento de toda a região, gerando renda e oportunidades para diversos setores da economia. Lavras do Sul tem a economia fundada no agronegócio e nos serviços. A atividade de pesquisa mineral também contribui para movimentar o setor econômico da região. O esperado pelo público favorável é que a contribuição desse segmento seja ainda mais expressiva para Lavras do Sul, considerando o potencial mineral da região e também a implantação do Projeto Fosfato Três Estradas. Além dos impostos regulares, a mineração está sujeita a tributação exclusiva (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) que, junto aos empregos diretos e indiretos projetados, vai movimentar substancialmente a economia da região. A mão de obra total a ser empregada, em etapa de instalação do projeto, prevê cerca de 700 pessoas; em fase de operação plena e manutenção 323 pessoas estão estimadas.

Comente essa notícia

Notícias Relacionadas | 19/04/2019 | Geral

  • Bagé, Domingo 19 de Abril

    Páscoa: do silêncio da sepultura para a luz e a vida

    Durante três dias, os católicos vivenciam o chamado Tríduo Pascal. Tudo começa com as cerimônias litúrgicas na Quinta-feira Santa, quando ocorre a bênção dos óleos que são usados todo ano nas paróquias. Nessa celebração, são abençoados os óleos...

  • Bagé, Domingo 19 de Abril

    Pediatra explica doença mão-pé-boca e esclarece sobre maior incidência

    O município de Piratini, no mês passado, suspendeu as aulas nas escolas de Educação Infantil em decorrência do aumento da doença conhecida como mão-pé-boca. Em Dom Pedrito, no início deste mês, ocorreu o mesmo. As aulas, no município vizinho,...

  • Bagé, Domingo 19 de Abril

    Agricultores recorrem à Justiça contra empresa que não cumpriu contratos para corte de madeira

    Ao longo dos primeiros anos deste século, o Rio Grande do Sul viveu um “boom” da Silvicultura, com inúmeras áreas no Estado, incluindo-se a Metade Sul, recebendo o plantio de espécies florestais, como eucalipto, pinus e acácia. Muitos...

  • Bagé, Domingo 19 de Abril

    Projeto Meu Bairro Melhor implementa melhorias em São Martim

    Atividades executadas pelo projeto Meu Bairro Melhor estão sendo executadas em São Martim. Equipes das secretarias municipais atuam naquela região. A Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) entrou no bairro com duas...

  • Bagé, Domingo 19 de Abril

    Feira do Peixe é atração na véspera da Sexta-Feira Santa

    A terceira edição da Feira do Peixe movimentou o Centro Administrativo, durante a manhã e a tarde de ontem. Vários bageenses procuravam o ingrediente principal de almoços para esta Sexta-Feira Santa. Estavam disponíveis peixes vivos, frescos,...

Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

“Os ideais que iluminam o meu caminho são a bondade, a beleza e a verdade”
Albert Einstein
 
3Gurias: 10 anos de alta moda
Elas são sucesso!...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.