Bagé / RS, Domingo, 26 de Maio de 2019
Siga-nos:

Notícia

Folha Saúde | Caderno: Folha Saúde

Sol na medida

O sol pode ser vilão se alguém for exposto em excesso. Sobretudo se alguns cuidados não forem tomados. O Folha Saúde, hoje, fala sobre a insolação, uma condição séria que pode levar até mesmo à morte. A causa, os sintomas, fatores de risco e até mesmo primeiros socorros podem ser conferidos nesta edição, assim como a melhor forma de prevenir o problema. Confira!

Atenção à insolação
Calor intenso e exposição excessiva ao sol podem ter como consequência um problema sério. A insolação acontece quando a temperatura corporal ultrapassa os 40ºC, fazendo com que o mecanismo de transpiração falhe e o corpo não consiga se resfriar. O quadro de insolação merece especial atenção porque, com o aumento rápido da temperatura corporal, a pessoa acaba perdendo muita água, sais e nutrientes importantes para manutenção do equilíbrio do organismo.
É importante lembrar que a condição da insolação está bastante associada ao clima quente e seco, mas também pode ocorrer em ambientes úmidos.

Qual é a causa?
É causada por situações de exposição prolongada ao sol e ao calor. Normalmente acontece em ambientes muito quentes ou em situações que provoquem aumento rápido da temperatura corporal, como, por exemplo, passar muito tempo exposto ao sol sem protetor solar (na praia, no clube, na piscina); praticar atividades extenuantes, ou seja, que causam esgotamento, enfraquecimento físico; usar excesso de roupas, especialmente no calor; e ficar sem se hidratar por muito tempo.

Os sintomas
A insolação causa sintomas que vão aparecendo aos poucos. Os primeiros sinais são dores de cabeça, tontura, náusea, pele quente e seca, pulso rápido, temperatura elevada, distúrbios visuais e confusão mental.
Dependendo do tempo de exposição ao sol, os sintomas podem ser mais graves e podem incluir, entre outras coisas, respiração rápida e difícil, palidez (às vezes desmaio), convulsão, temperatura do corpo muito elevada, além de extremidades arroxeadas e fraqueza muscular.

Fatores de risco
Alguns fatores podem aumentar os riscos de insolação. Crianças, idosos, pessoas com doenças crônicas, como câncer, diabetes, hipertensão, e pessoas com imunidade baixa, como transplantados e portadores de HIV/Aids, devem ter cuidado especial com a insolação, uma vez que esta condição pode provocar efeitos colaterais graves com maior probabilidade nesse público.
Além disso, não beber líquidos adequadamente, e ingerir muito álcool ou cafeína podem ser fatores determinantes para aumentar as chances do problema. Pessoas que têm gastroenterites e aquelas que fazem uso de medicamentos para pressão alta, diuréticos, antidepressivos ou antipsicóticos também estão na lista daqueles que precisam redobrar os cuidados.

Como tratar
O tratamento da insolação consiste em reduzir a temperatura corporal da pessoa e hidratar bastante o organismo. Para isso, os profissionais de Saúde podem oferecer água e manter a pessoa em um lugar fresco, com sombra e ventilação, ajudando na recuperação. Dependendo do caso, pode ser necessária hidratação venosa.
É recomendado, também, retirar o máximo de roupas possíveis, deixando a pessoa apenas com peças leves, para que o corpo consiga reagir. Dependendo do caso, o médico pode fazer compressas de água fria e colocar panos molhados para ajudar a baixar a temperatura corporal.

Primeiros socorros
O Ministério da Saúde orienta sobre como agir diante de um caso de insolação: o objetivo inicial é baixar a temperatura corporal, lenta e gradativamente.
Entre as orientações está remover a pessoa para um local fresco, à sombra e ventilado; remover o máximo de peças de roupa; se estiver consciente, a pessoa deverá ser mantida em repouso e recostada (cabeça elevada); pode-se oferecer bastante água fria ou gelada ou qualquer líquido não alcoólico; se possível, deve-se borrifar água fria em todo o corpo da pessoa, delicadamente; podem ser aplicadas compressas de água fria na testa, pescoço, axilas e virilhas; tão logo seja possível, a pessoa deverá ser imersa em banho frio ou envolta em panos ou roupas encharcadas. É claro que o melhor cenário é levar a pessoa imediatamente ao hospital ou solicitar apoio de urgência e emergência.

Complicações
A insolação, em casos mais graves ou quando não tratada adequada e imediatamente, pode provocar diversas complicações em órgãos vitais, como o cérebro, inclusive, coma e morte.
Uma das principais características é a desidratação, que deve ser revertida o mais rápido possível. Sem tratamento imediato, as chances de óbito são altas ou as pessoas ficam com sequelas irreversíveis. Além disso, os rins podem ficar comprometidos.

Como prevenir?
É possível prevenir a insolação adotando medidas bem simples. São posturas de cuidado e bom senso, também apresentadas pelo Ministério da Saúde;
- Evitar permanecer sob o sol entre as 10h e às 16h - além de insolação, a grande exposição ao sol, com frequência, pode provocar, também, câncer de pele;
- Use roupas leves, de cores claras e que não fiquem apertadas ao corpo;
- Use protetor solar com FPS 30 ou mais e evite queimaduras na pele;
- Beba muito líquido para evitar a desidratação. Prefira água, água de coco e sucos de frutas naturais. Tenha muito cuidado com as bebidas alcoólicas, que em excesso causam desidratação;
- Ao se exercitar no verão, beba muito líquido duas horas antes da atividade, durante e depois;
- Cuidado com os momentos mais quentes do dia (das 11h às 15h), bebendo bastante água e tentando permanecer na sombra;
- Evite ficar muito tempo no carro em dias de muito sol, já que o risco nestas situações é maior;
- Consuma alimentos leves, como frutas e verduras.

Comente essa notícia
Clique TV
OPERAÇÃO SÃO CRISTOVAN | POLÍCIA CIVIL BAGÉ
Assista também:
OPERAÇÃO EMBOSCADA | POLÍCIA CIVIL
Clique Social

Coluna Social

“Os ideais que iluminam o meu caminho são a bondade, a beleza e a verdade”
Albert Einstein
 
3Gurias: 10 anos de alta moda
Elas são sucesso!...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.