Bagé / RS, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
Siga-nos:

Notícia

Segurança

Barões do jogo permanecem presos após um ano da operação Deu Zebra

A operação Deu Zebra, desencadeada no dia 25 de abril de 2017 pela Polícia Civil, causou uma verdadeira mobilização de agentes de órgãos de segurança em Bagé e outras 13 cidades do Rio Grande do Sul. A ação que, hoje, completa um ano, teve como alvo, na Rainha da Fronteira, duas organizações criminosas apontadas como centros de comando do ramo de apostas em jogos de azar.
Há um ano, a responsável por coordenar os trabalhos, a delegada Ana Luíza Tarouco, concedeu entrevista à Folha do Sul logo após as primeiras diligências na cidade. Ela alegou que todo o trâmite investigatório, fruto de 16 meses de apuração, teve dois objetivos principais: o combate ao crime organizado e à lavagem de dinheiro.
Em uma nova entrevista, a delegada Ana atualiza os leitores da Folha sobre o que mudou nestes 365 dias.
Na época, foram 273 policiais envolvidos, entre civis, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal.
Na Rainha da Fronteira, até mesmo um helicóptero auxiliou durante as abordagens. Foram realizadas restrições de contas e conduções coercitivas durante a operação que, em resumo, investigou duas organizações: uma chefiada em Bagé e outra em São Gabriel. Todos os suspeitos de participar do esquema no município foram presos ou conduzidos coercitivamente. Dentre eles, pessoas que atuavam em funções de chefe dos grupos, gerentes, subgerentes, responsáveis pela manutenção de software dos jogos on-line e por apoio financeiro.
Em Bagé, um dos principais pontos de ação foi junto a uma casa de apostas localizada no prédio do edifício Avenida. Cinco pessoas foram presas e algumas conduzidas coercitivamente. Dentre elas, Mário Sérgio Marques Kucera, líder do grupo. Outro citado como um dos líderes do esquema foi Marcos Dierka. Com atuação notada em São Gabriel, comandaria bancas em outros municípios, inclusive em Bagé.

Avaliação e o que mudou
A reportagem procurou a delegada responsável pela investigação, que apresentou algumas respostas a questionamentos de leitores, além, é claro, de abordar a importância da operação Deu Zebra. “Dos presos preventivos, os líderes e gerentes continuam detidos. Apenas duas mulheres foram postas em liberdade, beneficiadas pela decisão do Supremo Tribunal Federal, que tratou da questão de presas com filhos menores. A ação e a manutenção da prisão foram de fundamental importância para a diminuição do poderio financeiro e estrutural dos grupos investigados. Há toda evidência e, como já dito anteriormente, não se tem a pretensão de acabar com o jogo, mas descortinar e desestruturar o lado financeiro dos grupos que se valem de inúmeras ferramentas para escamotear, ocultar a origem e o destino de valores adquiridos de maneira ilícita”, destaca.
Ana avalia a atuação da polícia, na referida operação, depois de passado esse tempo, e os desdobramentos. “Julgamos a operação um sucesso. Dado que o trabalho policial foi chancelado pelo Ministério Público, que ofereceu a denúncia contra 46 envolvidos, bem como o Judiciário recebeu a denúncia nos termos apresentados pela polícia. Muitas discussões jurídicas sobre as investigações foram levadas às instâncias superiores que mantiveram as decisões. De forma que só cabe concluir que o trabalho foi bem executado”, salienta.

Como funcionava o esquema
Em Bagé, o advogado Mário Kucera, detido na ação, foi considerado pela polícia o segundo maior bicheiro do Rio Grande do Sul. Conforme a equipe de investigação, vários pontos comerciais da família Kucera foram vistoriados na cidade. Além do prédio do antigo cinema Avenida, ele possuía ainda casas lotéricas e uma empresa radiofônica. Ele, aliás, atuaria há pelo menos 20 anos no ramo.
Conforme Ana Tarouco, Kucera também comandaria pontos em Sant’Ana do Livramento, Rosário do Sul, Caçapava do Sul, São Gabriel e Santo Ângelo, entre outros municípios. “Em Bagé, ele comandava todo o processo de jogatina do prédio Avenida, onde ele residia com a família e teria escritório. Ele facilitou para a polícia, pois, em escutas telefônicas, afirma chefiar mais de 500 pontos de jogos ilícitos, além de contar com 60 motociclistas para recolher o dinheiro, e comandar mais de 200 máquinas. Percebe-se, caminhando por Bagé, que é diferente. Destacou-se, porque o jogo é escancarado, com apontadores caminhando na rua, no centro da cidade”, avaliou, na época. "Com isso, a Rainha da Fronteira acabou ganhando o título de 'Las Vegas dos Pampas', porque nas demais cidades é mais restrito”, acrescentou.
Ela ainda comentou, naquela ocasião, que foi realizada análise fiscal e eles tinham declaração de Imposto de Renda como pessoas comuns, mas com uma conta bancária estratosférica. “Identificou-se que há policiais trabalhando na segurança dos bicheiros e das bancas. Devemos pensar nessa questão da fiscalização. Não é possível que movimentações milionárias tenham passado despercebido por órgãos responsáveis por esse controle”, sustentou na época.
As organizações criminosas movimentaram cerca de R$ 520 milhões. “O valor é alto. É meio bilhão de reais que circulava no Estado. Não sabemos para onde vai esse dinheiro. Pode, inclusive, ser usado para cometer outros crimes. Com a prisão é muito difícil estimar valores que deixaram de ser movimentados, pois demandaria uma análise mais criteriosa. Na expressão literal, podemos dizer que a operação tirou um dos principais barões do jogo de circulação. Pois assim ele é conhecido”, comentou em recente entrevista.

Mais de 40 indiciados
A Polícia Civil remeteu ao poder Judiciário o inquérito policial da operação Deu Zebra. Conforme a delegada Ana Luíza, o documento possui mais de 10 mil páginas e 42 pessoas foram indiciadas, no Estado, por lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção passiva, entre outros crimes.

Estudo de caso
Em dezembro do ano passado, a delegada de polícia regional de Sant’Ana do Livramento, Ana Luíza Tarouco, ministrou aula na Academia da Polícia Civil em Porto Alegre. Em pauta, o estudo de caso da "Deu Zebra", considerada, até o momento, a maior operação da polícia gaúcha contra a lavagem de dinheiro. “A ação desenvolvida e os detalhes da investigação acabaram se tornando estudo de caso. Servindo e auxiliando na difusão do conhecimento para outros policiais através da Academia de Polícia”, completa.

Comente essa notícia

Notícias Relacionadas | 25/04/2018 | Segurança

  • Bagé, Sexta-feira 25 de Abril

    Idoso tem aparelho celular e dinheiro levados

    Um homem de 65 anos compareceu na DPPA para registrar que foi alvo de furto, na tarde de segunda-feira, em sua residência, no centro da cidade. O caso foi encaminhado para investigação da 1ª Delegacia de Polícia. Conforme o registro, após as...

  • Bagé, Sexta-feira 25 de Abril

    Homem é detido por furto qualificado

    Ontem, por volta de 3h, uma guarnição do policiamento ostensivo foi deslocada para verificar uma ocorrência de arrombamento seguido de furto em uma loja localizada na avenida Tupy Silveira. Na ação, um homem foi preso. O caso foi registrado na...

  • Bagé, Sexta-feira 25 de Abril

    BM apreende materiais jogados para dentro do presídio

    A guarnição da guarda externa do Presídio Regional de Bagé, ontem, apreendeu diversos materiais e drogas arremessados para o interior da casa prisional. Os casos foram registrados na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA). O primeiro...

Clique TV
Óptica Bagé - Dia dos Pais
Assista também:
Santa Edwiges - Dia dos Pais
Clique Social

Coluna Social

“Você fixou metas compatíveis com suas capacidades? Se o fez, já deu o primeiro passo para o sucesso.”
Arthur Clark
 
Hereford & Braford in...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.