Bagé / RS, Domingo, 24 de Setembro de 2017
Siga-nos:

Notícia

Bagé: 206 anos | Caderno: Bagé: 206 anos

Saúde: busca pela plenitude

por João A. M. Filho

A Rainha da Fronteira, sede da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (7ª CRS), é referência no atendimento a pacientes oriundos dos municípios da Campanha gaúcha. No entanto, nem sempre esse protagonismo é evidenciado. De acordo com o secretário de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, “a comunidade precisa acreditar em seu potencial. O povo de Bagé é guerreiro e trabalhador, mas nem sempre reconhece os próprios méritos”.
 
Referência e transformação
Conforme o coordenador da 7ª CRS, Daltro Silveira Paiva, a Santa Casa de Caridade de Bagé é referência no atendimento da Unidade de Terapia Intensiva neonatal e centro de oftalmologia. “Recebemos solicitações de todo Estado para atendimento na Santa Casa, que oferece serviços de alto nível”, destacou. De acordo com ele, o foco da atuação é a abertura de novos serviços vinculados à Santa Casa e ao Hospital Universitário Doutor Mário Araújo (HU), para consolidar o setor. “Pretendemos fortalecer globalmente a atenção hospitalar em nosso município”, sustentou.
A busca por diagnóstico preciso também é um dos principais passos almejados para o setor. Conforme Kalil, hoje, uma das conquistas da comunidade bageense é o fim da extensa fila para exames de raios-x, cujos resultados são liberados em 24 horas, e tomografias, com entrega dos exames em até 48 horas, cujos resultados, segundo dados obtidos com a secretaria, em seis meses, já foram superados em mais de três mil em relação ao ano anterior. “Retomamos serviços que estavam sem funcionar e zeramos as filas. Colocamos eletrocardiogramas nos postos, para dar agilidade aos pacientes suspeitos de cardiopatia, além de zerar a fila de consultas com cardiologistas. Hoje, arrisco a dizer que as tomografias feitas em Bagé estão entre as mais ágeis no Brasil”, comemorou.
O diferencial apontado pelo gestor para a redução das filas é a unificação dos sistemas informáticos. “Antes, era preciso marcar a consulta no posto e a equipe local, que entrava em contato com a sede onde os exames eram marcados. Hoje, são feitos diretamente na unidade de referência, devidamente agendados, sem a necessidade de deslocamentos”, exaltou.
 
Carências
Kalil e Paiva salientaram as conquistas recentes para o setor, no entanto, apresentaram as carências que ainda afetam o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde. Existe a necessidade de suprir a rede com especialidades em cirurgia vascular, endocrinologia, ambulatório de urologia, ginecologia, exames de cintilografia, além de obstetrícia e hemodinâmica. “São necessidades urgentes para atender a população. Entretanto, necessitamos do aporte financeiro do Estado e do governo federal”, alertou Paiva.
Relacionado ao conforto dos pacientes, o gestor municipal se mostrou otimista com uma obra que deve ser entregue, em breve, à comunidade. “Na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), já temos garantidos os recursos para a construção de uma ala de recuperação. Assim, os pacientes não terão de aguardar nos corredores, em macas, a complementação do tratamento”, explicou.
 
Novidades e projeções
Desde que assumiu a pasta, Kalil promoveu, por exemplo, a descentralização dos serviços nos postos de saúde, buscando garantir mais autonomia às equipes, além de criar quatro unidades de referência para o atendimento às comunidades dos bairros. “Desde que assumimos, nossa meta era ampliar os serviços prestados. Por isso, hoje, cada unidade de referência tem farmácia própria, para que os usuários não tenham de se deslocar ao Pronto-Atendimento Médico I (PAM I) cada vez que precisa de um medicamento”, destacou.
Kalil destacou ainda os investimentos. “Aumentamos em 85% o faturamento e isso vai se refletir em qualidade aos usuários do SUS”, frisou. Entre as novidades apresentadas, está a abertura da parceria entre prefeitura e empresa Planalto transportes, que, a exemplo da concessionária Ouro e Prata, vai disponibilizar viagens aos pacientes e familiares que utilizam o Tratamento Fora do Domicílio (TFD), aos municípios de Pelotas e Rio Grande.
Num futuro próximo, a expectativa de Kalil é alcançar a gestão semiplena da saúde, ou seja, os serviços de atenção básica serão uniformizados e devem suprir as necessidades da população, além de reduzir as filas nos hospitais. “Tudo isso representa o esforço da equipe. Buscamos cada centavo a que temos direito para investir na saúde da população”, completou.
Por sua vez, Paiva disse que a prioridade é a reativação do bloco cirúrgico e UTI do Hospital Universitário, que considera entre os mais bem equipados e modernos no Estado. “Tenho convicção, certeza e esperança de que Bagé será consolidada como a cidade referência no interior do Rio Grande do Sul”, finalizou.

Estatísticas - Janeiro a maio de 2017
Consultas médicas (especialistas) = 18 913 (crescimento de 216% em relação a 2016)
Atendimentos em reabilitação física, auditiva e Centro Especializado de Fisioterapia = 25 550 (140% superior a registros de 2016)
Consultas médicas na atenção básica (fluxo normal e urgências) = 33 549 (38% a mais que o ano anterior)
Fonte: Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência

Comente essa notícia

Notícias Relacionadas | 17/07/2017 |

  • Bagé, Domingo 17 de Julho

    As riquezas de uma rainha centenária

    por Felipe Valduga Celebrar o aniversário de uma cidade com 206 anos de idade é motivo mais que suficiente para destacar sua história que, simplesmente, por ser mais que duplamente centenária, tem muito para contar. Ainda mais quando se fala...

  • Bagé, Domingo 17 de Julho

    Comércio: o motor econômico

    Por Niela Bittencourt Crescimento das vendas, metas alcançadas, expansão: essas são algumas expressões que sempre são associadas a um dos principais setores que movimentam a economia bageense, o comércio. Aliás, conforme apresentado...

  • Bagé, Domingo 17 de Julho

    Expansão urbana: mudando cenários

    por Érica Eickoff A expansão urbana do município é um tema que chama a atenção de todos os bageenses, sejam eles investidores, compradores ou mesmo a população em geral. Ao longo dos últimos anos, a construção civil literalmente passou a mudar...

  • Bagé, Domingo 17 de Julho

    Expectativas para o Distrito Industrial

    por Érica Eickoff Nestes 206 anos de Bagé, a reportagem aponta o potencial industrial do município e o que gestores projetam para esse setor. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Pereira, o...

  • Bagé, Domingo 17 de Julho

    Um polo educacional consolidado

    por João A. M. Filho Nos últimos anos, a Rainha da Fronteira expandiu a oferta de vagas nos quatro pilares que compõe a rede de ensino, formação profissional e produção de conhecimento – fundamental, médio, técnico e superior. As tradicionais...

Clique TV
Residencial Città di Belluno
Assista também:
Segunda edição do festival de fondue da região
Clique Social

Coluna Social

Divulgação/FS

TERÇA-FEIRA (26), vai realizar-se “Fórum Regional em defesa da igualdade de gênero; articulação da universidade, gestão pública e movimentos...

Notícias mais lidas do dia

Clique Horóscopo

Áries

Sol e vens continuam seu caminho unidos em leão ainda motivando seu coração. Lua e mercúrio em virgem melhoram as relações de trabalho e possibilitam acordos de negócios. planos e projetos em alta.

Touro

Mercúrio e lua em virgem e ainda seu regente unido ao sol em leão abrem espaços em sua vida para um novo amor entrar. Se já for comprometido, melhora sensivelmente seu relacionamento. Finanças em alta.

Gêmeos

Seu regente entra em virgem e sua capacidade intelectual e mental aumentam sensivelmente. A fase é ótima para rever assuntos relacionados à sua família ou a questões domesticas. Comunicação em alta.

Câncer

Venus e sol unidos em leão continuam trazendo benefícios à sua vida financeira. O momento é ótimo também para pequenas viagens e assuntos de trabalho relacionados à comunicação. Amor em fase neutra.

Leão

Venus e sol em seu signo continuam agindo positivamente em sua vida, especialmente a amorosa e financeira. Mercúrio unido à lua aumenta ainda mais as possibilidades de bons acordos de negócios e ganhos financeiros.

Virgem

Mercúrio e lua em seu signo melhoram o astral que anda meio baixo, com queda de energia. Procure relaxar e manter-se protegido de ambientes e pessoas carregadas. A fase é ótima para acordos comerciais e a comunicação.

Libra

Mercúrio e lua em virgem derrubam sua energia, apesar das demandas sociais. A fase é ótima para a reflexão e a meditação. Seu regente unido ao sol em leão abrem portas para novos contatos comerciais.

Escorpião

Mercúrio e lua em virgem mobilizam sua vida social e amizades neste período. Venus e sol unidos em leão ainda beneficiam sua carreira e vida profissional. A fase é ótima para a comunicação e novos contratos.

Sagitário

O sol e Venus em leão continuam ativando seus estudos e as viagens podem se tornar seu foco neste momento. Carreira e vida profissional em alta, com possibilidade de novos projetos ou propostas de trabalho.

Capricórnio

Mercúrio e lua em virgem aceleram seus projetos e planos futuros e assuntos relacionados a viagens longas e contato com estrangeiros. Fase de grande otimismo e espiritualidade renovada. Amor em alta.

Aquário

Venus e sol em leão continuam mobilizando contatos e parcerias e melhorando seus relacionamentos afetivos e de amizades. A fase é das melhores. Cuidado apenas para não se deixar levar por pensamentos negativos.

Peixes

O trabalho continua sendo beneficiado pela passagem de Venus e do sol pelo signo de leão. Mercúrio e lua em virgem mobilizam seus relacionamentos pessoais e parcerias comerciais. Amor em alta.